Mercado fechado
  • BOVESPA

    114.177,55
    -92,52 (-0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    55.164,01
    +292,65 (+0,53%)
     
  • PETROLEO CRU

    81,18
    +0,17 (+0,21%)
     
  • OURO

    1.932,70
    +2,70 (+0,14%)
     
  • BTC-USD

    22.969,56
    -222,98 (-0,96%)
     
  • CMC Crypto 200

    521,77
    -5,42 (-1,03%)
     
  • S&P500

    4.060,43
    +44,21 (+1,10%)
     
  • DOW JONES

    33.949,41
    +205,57 (+0,61%)
     
  • FTSE

    7.761,11
    +16,24 (+0,21%)
     
  • HANG SENG

    22.566,78
    +522,13 (+2,37%)
     
  • NIKKEI

    27.414,33
    +51,58 (+0,19%)
     
  • NASDAQ

    12.049,75
    -57,00 (-0,47%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5257
    +0,0060 (+0,11%)
     

Conheça a startup Webdox, que controla contratos de grandes empresas

A gestão de contratos é uma área que requer bastante atenção para a empresa. Caso deixe de cumpri-los ou trabalhe fora de seus prazos e condições, poderá pagar multas ou ser alvo de processos. A startup chilena Webdox foca nesse segmento com seu próprio software e quer fazer do Brasil um de seus maiores mercados.

No último trimestre de 2021, a companhia levantou US$ 7,3 milhões (R$ 37,2 milhões, na cotação atual) em uma rodada de investimento série A para expandir a operação brasileira. A empresa já montou sua equipe no país e o lançamento oficial será no dia 16 de março. Segundo a Pequenas Empresas Grandes Negócios, a empresa deve investir pelo menos US$ 6 milhões (R$ 30,5 milhões) no Brasil até 2024.

A companhia já conta com o apoio de fundos como Taram Capital, Kayyak Ventures, Alacrity México, Canada Fund, Fondo CLIN e Asenza Capital. Também gerencia mais de 3 milhões de contratos e está presente em 13 países: México, Colômbia, Peru, Equador, Bolívia, Argentina, Estados Unidos, Guatemala, Panamá, Paraguai e Uruguai, além do Brasil e sua matriz no Chile.

Startup Webdox aporta no Brasil com software de gestão de contratos (Imagem: Reprodução/mindandi/Freepik)
Startup Webdox aporta no Brasil com software de gestão de contratos (Imagem: Reprodução/mindandi/Freepik)

A fintech mexicana Clara e o Banco Santander são alguns de seus clientes, além de Telefónica, Walmart, Coca-Cola Andina, Concha y Toro, NotCo e L'Óréal. No total, mais de 300 companhias estão no portfólio da Webdox, que cresceu 80% no ano passado. Em 2022, a expectativa é subir este índice para 150%.

"Acreditamos que o Brasil tem muito potencial e está pronto para passar para uma nova fase da administração de contratos e da transformação digital nas empresas", disse José Manuel Jiménez, fundador e CEO da Webdox, em nota para o Pequenas Empresas Grandes Negócios. A empresa quer chegar a 40 clientes no país.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: