Mercado abrirá em 24 mins
  • BOVESPA

    114.428,18
    -219,81 (-0,19%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.686,03
    -112,35 (-0,21%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,50
    +1,06 (+1,29%)
     
  • OURO

    1.778,00
    +12,30 (+0,70%)
     
  • BTC-USD

    62.248,12
    +875,32 (+1,43%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.453,80
    +2,17 (+0,15%)
     
  • S&P500

    4.486,46
    +15,09 (+0,34%)
     
  • DOW JONES

    35.258,61
    -36,15 (-0,10%)
     
  • FTSE

    7.208,82
    +4,99 (+0,07%)
     
  • HANG SENG

    25.787,21
    +377,46 (+1,49%)
     
  • NIKKEI

    29.215,52
    +190,06 (+0,65%)
     
  • NASDAQ

    15.358,25
    +67,75 (+0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4181
    +0,0266 (+0,42%)
     

Conheça o Porsche elétrico que vai cruzar o Brasil em uma expedição de 9 mil km

·4 minuto de leitura

O Porsche Taycan 4S, carro elétrico mais vendido do Brasil no 1º semestre de 2021, ganhou um irmão aventureiro: o Taycan Cross Turismo. A marca de superesportivos apresentou na última semana o seu mais recente modelo elétrico, que chega ao mercado com uma missão inusitada para carros desse porte.

Segundo a Porsche Brasil, o carro enfrentará uma travessia do Sul ao Nordeste do Brasil durante 26 dias, partindo de Foz do Iguaçu, no Paraná, e chegando a Jericoacoara, no Ceará. Serão aproximadamente 9 mil quilômetros percorridos por 14 estados. A ideia é “resgatar feitos históricos da marca pelo pioneirismo executado nas respectivas épocas, ilustrada pela participação em competições afamadas mundialmente, caso da Carrera Panamericana, nos anos 50, e edições do rali Paris-Dakar, na década de 80”.

A participação do modelo no evento, batizado de Expedição Brasil, colocará à prova muito mais do que a resistência e a robustez apresentadas pelo Porsche Taycan Cross Turismo. O carro tentará jogar por terra um dos maiores desafios enfrentados por donos de veículos elétricos no Brasil, independentemente de porte ou de preço: encontrar um lugar para recarregar a bateria.

A marca, ao menos por enquanto, não divulgou como pretende cobrir 9 mil quilômetros e passar por centros, às vezes afastados, sem risco de ficar pelo caminho. Isso deverá ser esclarecido em evento marcado para o próximo sábado (9), no Porsche Center São Paulo, um dos locais pelos quais o Taycan Cross Turismo passará durante a expedição.

Motor, bateria e “sangue” off-road

Imagem: Divulgação/Porsche
Imagem: Divulgação/Porsche

A missão de encarar os 9 mil quilômetros da expedição será feita a bordo de um modelo topo de linha da Porsche. O Taycan Cross Turismo tem uma bateria construída sob arquitetura de 800 Volts, que dá a ela a capacidade total de armazenamento de 93,4 kWh. Isso significa que o carro será capaz de entregar potência entre 380 e 476 cavalos, esta última com a utilização dos recursos overboost e controle de largada. O torque do Taycan Cross Turismo é equivalente a 50,98 kgfm.

O modelo conta também com quatro rodas motrizes, e isso permite uma aceleração de 0 a 100 km/h em 5,1 segundos, atingindo velocidade máxima de 220 km/h. A autonomia, fundamental para encarar a expedição, poderá variar entre 389 e 456 km.

Porém, potência e autonomia não resolverão a missão sozinhos. O Porsche Taycan Cross Turismo também terá “sangue” off-road para encarar os terrenos irregulares, que certamente aparecerão pelo caminho. De acordo com a marca, o design off-road inclui revestimento do arco das rodas, proteções inferiores dianteiras e traseiras exclusivas e soleiras laterais. O pacote adiciona elementos de proteção nas extremidades dos para-choques dianteiro e traseiro e nas extremidades das soleiras. “Isso torna o exterior marcante, assim como protege contra impactos de pedras”, diz a Porsche.

Outro ponto importante é que a versão aventureira aumenta a altura livre do solo em até 30 mm. Isso significa que o Cross Turismo também pode ser dirigido em terrenos off-road difíceis. O “Gravel Mode” padrão melhora a adequação do novo modelo para a condução em trechos de estradas mal conservadas.

“Nos vemos como pioneiros da mobilidade sustentável: até 2025, metade dos nossos veículos novos terão propulsão elétrica – totalmente elétrica ou híbrido plug-in. Em 2020, um em cada três de todos os nossos veículos fabricados na Europa tinham um conjunto motopropulsor elétrico. A mobilidade elétrica é o futuro. Com o Taycan Cross Turismo, damos um grande passo nessa direção”, apostou Oliver Blume, Diretor do Conselho Executivo da Porsche AG.

Quanto custa?

Quem estiver interessado em comprar o Porsche Taycan Cross Turismo, mesmo se não quiser colocar o supercarro em condições extremas de direção, também poderá usufruir do novo modelo para lazer e bem-estar. A marca acrescentou no novo modelo 100% elétrico um suporte traseiro universal para até três bicicletas. O diferencial é que o porta-malas pode ser aberto mesmo quando o suporte estiver carregado.

Para fechar essa matéria, o ponto-chave do novo modelo da Porsche: o preço. O Taycan Cross Turismo já está disponível, via encomenda, em toda a rede autorizada da marca no Brasil, custando a partir de R$ 685 mil. Segundo a Porsche, esse preço inclui a instalação do carregador doméstico, na qual a marca executa um projeto específico de acordo com condições específicas da residência do cliente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos