Mercado fechado
  • BOVESPA

    117.669,90
    -643,33 (-0,54%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.627,67
    -560,48 (-1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    59,34
    -0,26 (-0,44%)
     
  • OURO

    1.744,10
    -14,10 (-0,80%)
     
  • BTC-USD

    60.358,69
    +1.738,11 (+2,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.235,89
    +8,34 (+0,68%)
     
  • S&P500

    4.128,80
    +31,63 (+0,77%)
     
  • DOW JONES

    33.800,60
    +297,03 (+0,89%)
     
  • FTSE

    6.915,75
    -26,47 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    28.698,80
    -309,27 (-1,07%)
     
  • NIKKEI

    29.768,06
    +59,08 (+0,20%)
     
  • NASDAQ

    13.811,00
    +63,25 (+0,46%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,7625
    +0,1276 (+1,92%)
     

Congresso dos EUA terá primeira votação de megapacote de estímulo na sexta-feira

·1 minuto de leitura
O presidente Joe Biden em discurso na Casa Branca, 22 de fevereiro de 2021

A Câmara de Representantes (baixa) dos Estados Unidos votará na sexta-feira o gigantesco plano de recuperação da economia de US$ 1,9 trilhão, promovido pelo presidente Joe Biden, com boas chances de ser aprovado pela maioria democrata.

As negociações continuarão no Senado - a próxima escala da iniciativa - em alguns pontos espinhosos, como o aumento do salário mínimo por hora para US$ 15.

O líder da maioria democrata da Câmara, Steny Hoyer, afirmou nesta quarta-feira em coletiva de imprensa que submeterá o plano a votação no plenário na sexta-feira.

Os democratas têm uma pequena maioria entre os deputados, enquanto no Senado têm o mesmo número de cadeiras que a oposição republicana (50 cada), mas podem contar com o voto da vice-presidente Kamala Harris em caso de empate.

Os democratas aprovaram uma moção no início de fevereiro que permite que o plano seja aprovado por maioria simples, sem a necessidade de atingir os 60 votos habituais em decisões dessa magnitude.

jum-elc/mr/dg/ap/mvv