Mercado abrirá em 1 h 10 min
  • BOVESPA

    113.707,76
    +195,38 (+0,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.734,04
    -67,64 (-0,14%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,23
    +1,12 (+1,27%)
     
  • OURO

    1.786,20
    +9,50 (+0,53%)
     
  • BTC-USD

    23.502,99
    -256,86 (-1,08%)
     
  • CMC Crypto 200

    559,19
    -13,62 (-2,38%)
     
  • S&P500

    4.274,04
    -31,16 (-0,72%)
     
  • DOW JONES

    33.980,32
    -171,69 (-0,50%)
     
  • FTSE

    7.519,89
    +4,14 (+0,06%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.520,75
    +27,50 (+0,20%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2615
    +0,0023 (+0,04%)
     

Congresso corre para promulgar PEC Kamikaze e iniciar pagamento de benefícios

BRASÍLIA, DF, 13.07.2022 - VOTAÇÃO-PEC KAMIKAZE - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, abre sessão para votação da PEC Kamikaze que amplia benefícios sociais em ano eleitoral, nesta quarta-feira (13). Com isso, será possível marcar presença remotamente, o que deve aumentar o quórum para votação do texto, diminuindo risco de derrota do governo em pontos importantes, como a supressão do estado de emergência previsto em destaque da oposição. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)
BRASÍLIA, DF, 13.07.2022 - VOTAÇÃO-PEC KAMIKAZE - O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, abre sessão para votação da PEC Kamikaze que amplia benefícios sociais em ano eleitoral, nesta quarta-feira (13). Com isso, será possível marcar presença remotamente, o que deve aumentar o quórum para votação do texto, diminuindo risco de derrota do governo em pontos importantes, como a supressão do estado de emergência previsto em destaque da oposição. (Foto: Gabriela Biló/Folhapress)

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) - O Congresso Nacional deve correr para promulgar a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Kamikaze assim que ela for aprovada pelos parlamentares. A previsão é que a assinatura não passe de sexta-feira (15), porque essa etapa é necessária para o governo federal conseguir iniciar os trâmites para o pagamento dos benefícios.

Por ser uma PEC, quem formaliza a promulgação é o próprio Congresso, em sessão conjunta conduzida pelo presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG). O regimento não prevê um prazo, ficando a critério de Pacheco definir a data.

A título de comparação, um projeto de lei precisa ser sancionado pelo Presidente da República, que tem 15 dias para fazê-lo.

A aprovação da PEC Kamikaze já foi adiada duas vezes pela Câmara. Na semana passada, havia receio de o quórum não ser suficiente para o governo barrar mudanças no texto pleiteadas pela oposição.

Na terça-feira (12), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu suspender a apreciação da PEC que amplia benefícios sociais em ano eleitoral, pouco após a aprovação do texto-base em primeiro turno por problemas técnicos no sistema de votação.

A PEC teve a tramitação acelerada por Lira, aliado do presidente Jair Bolsonaro (PL). Em vez de seguir o rito regimental de ter a admissibilidade analisada pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) para, só então, ser encaminhado a uma comissão especial para análise do mérito, o texto foi apensado ao da PEC de biocombustíveis, que já tinha passado pela etapa inicial e estava em comissão especial.

Também chamada de PEC das Benesses, ela aumenta o valor do Auxílio Brasil e institui novos benefícios como o pagamento de R$ 1 mil para caminhoneiros. É uma das principais apostas do núcleo de campanha do presidente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos