Mercado fechado

Confusão do governo, reuniões e previsão mantida: a volta do futebol em Minas Gerais

Futebol mineiro está parado por causa da pandemia causada pelo novo coronavírus (Fernando Moreno/AGIF)

Uma nota da Secretaria de Estado de Saúde (SES) divulgada na manhã desta segunda-feira (29) pegou clubes e a Federação Mineira de Futebol (FMF) de surpresa. De acordo com o comunicado, nenhum protocolo seria adequado para a volta do futebol em Minas Gerais neste momento, o que descartaria a possibilidade de retomada no Campeonato Mineiro no fim de julho, como deseja a FMF. No entanto, algumas horas depois, a própria SES deu outra versão, através do secretário Carlos Eduardo Amaral, garantindo que o Módulo I pode sim continuar em 26 de julho.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Esportes no Google News

A confusão causada pela SES fez a direção da Federação Mineira se reunir com membros do governo algumas vezes durante o dia, para debater os protocolos propostos pela entidade e avaliados como adequados para o retorno dos jogos de futebol. Após uma série de conversas, a FMF segue confiante de que as rodadas finais da primeira fase do Mineirão vão ser disputadas no fim de julho e as decisões na primeira semana de agosto.

A definição da data exata depende da autorização do Centro de Operações de Emergência em Saúde de Minas Gerais (Coes-MG), órgão criado para acompanhar a evolução do coronavírus no estado. Somente com o aval dos especialistas é que a FMF vai determinar o dia certo para a continuidade do Campeonato Mineiro.

A competição foi paralisada em 15 de março, após o encerramento da 9ª rodada, por causa pandemia causada pelo novo coronavírus. Faltam dois jogos para cada equipe para o encerramento da primeira fase, quando se define os semifinalistas, as equipes que vão jogar a Série D em 2021 e os dois rebaixados. De acordo com o regulamento, as finais são definidas em jogos de ida e volta, na semifinal e na decisão. No entanto, não está descartada a possibilidade de que cada etapa tenha apenas uma partida.

Uma das alternativas estudadas pela Federação Mineira é de reunir os 12 clubes participantes do Módulo I em apenas uma cidade, criando uma espécie de bolha. Os jogadores seriam testados e não teriam contato com pessoas fora desse meio até o término da competição. Por depender de uma grande estrutura para esse tipo de ação, Belo Horizonte seria o local perfeito para colocar essa ideia em prática.

De acordo com apuração do Blog, em nenhum momento a FMF cogitou a hipótese de encerrar sua principal competição em outro estado, no Rio de Janeiro, por exemplo. Mesmo com a pressão colocada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que pretende iniciar o Brasileirão no final de semana de 8 e 9 de agosto, os dirigentes mineiros seguem confiantes de que vão encerrar o torneio local até lá.

Como BH e outras cidades do estado voltaram a fechar o comércio nesta segunda (29), a expectativa é que o número de casos não cresça tanto como foi nas semanas anteriores e crie uma maior sensação de segurança para que o futebol volte a ser praticado em Minas Gerais.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes no Instagram, Facebook e Twitter e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.