Mercado abrirá em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    113.512,38
    +480,38 (+0,42%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.801,68
    +163,28 (+0,34%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,35
    +0,82 (+0,95%)
     
  • OURO

    1.787,00
    -2,70 (-0,15%)
     
  • BTC-USD

    23.783,36
    -294,46 (-1,22%)
     
  • CMC Crypto 200

    566,83
    -5,08 (-0,89%)
     
  • S&P500

    4.305,20
    +8,06 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.152,01
    +239,61 (+0,71%)
     
  • FTSE

    7.507,61
    -28,45 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    19.922,45
    +91,93 (+0,46%)
     
  • NIKKEI

    29.222,77
    +353,86 (+1,23%)
     
  • NASDAQ

    13.548,00
    -110,25 (-0,81%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2347
    +0,0029 (+0,06%)
     

Confira os produtos que mais encareceram nos últimos meses

Prévia da inflação medida pelo IPCA-15 apontou um aumento de 0,69% no mês de junho
Prévia da inflação medida pelo IPCA-15 apontou um aumento de 0,69% no mês de junho
  • Prévia da inflação medida pelo IPCA-15 apontou um aumento de 0,69% no mês de junho;

  • Passagens aéreas tiveram um aumento maior de 120% nos últimos 12 meses;

  • Confira abaixo os alimentos que mais aumentaram de preço.

A prévia da inflação medida pelo IPCA-15 registrou um aumento de 0,69% nos preços neste mês de junho. Medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, a inflação apontou que há itens que já acumularam uma alta maior de 100% nos últimos 12 meses, como as passagens aéreas, que subiram 123,26% de junho do ano passado para este.

Segundo analistas do setor apontaram que esse grande aumento foi causado muito em parte devido a guerra na Ucrânia, que afetou diversos setores da economia mundial, entre eles o petróleo, principal matéria prima dos combustíveis dos aviões. Fora isso, a reabertura da sociedade pós-pandemia também elevou rapidamente a demanda por passagens aéreas em um momento em que as companhias aéreas não têm a infraestrutura necessária para voltar à atividade pré-pandêmica.

Fora isso outro item que cresceu bastante foram os alimentos, em especial as frutas e as hortaliças que tiveram as safras prejudicadas pelas chuvas de verão e pelo elevado custo do frete, também causado pelo aumento do preço do petróleo no mercado internacional, valor este que gere o preço vendido pela Petrobras no mercado interno graças à política de preços da estatal, estabelecida pelo presidente Michel Temer e mantida por Bolsonaro.

O aumento no preço dos combustíveis também causou uma elevação grande no preço dos transportes por aplicativo. De acordo com o índice IPCA-15, o custo dessa modalidade de transporte subiu em 64,03%. Não só a gasolina ficou mais cara, mas também o etanol, o diesel e o GLP aumentaram de preço de acordo. Outro ponto que contribuiu para o aumento dos transportes por app foi a elevação no valor das demais taxas pagas pelos motoristas, como manutenção, licenciamento e seguro do veículo.

Confira abaixo os alimentos que mais encareceram em 12 meses

Abobrinha: 101%

Cenoura: 99,55%

Pepino: 84,03

Batata-inglesa: 65,93%

Café moído: 65,41

Tomate: 65,08%

Melão: 61,26%

Morango: 54,08%

Cebola: 52,32%

Pimentão: 48,89%

Óleo de soja: 32,59%

Leite longa vida: 29,14%

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos