Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.347,02
    -2.513,55 (-6,64%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Confira essas dicas para deixar o seu Mac mais rápido

·7 minuto de leitura

Se você está enfrentando dificuldades de desempenho com o seu Mac, saiba que isso é bastante comum. Apesar de ser mais otimizado que sistemas operacionais concorrentes, como Windows, é comum que surjam lentidões com o tempo de uso prolongado.

Alguns aplicativos na internet aparecem como solução para casos de lentidão no Mac, mas é bom evitá-los. Softwares de limpeza como o CCleaner apenas mascaram o problema, enquanto outros carregam consigo malwares e outros códigos maliciosos, o que só atrapalha ao invés de ajudar.

Para te ajudar, preparamos uma lista abaixo com dicas essenciais que deverão ajudar bastante a deixar seu Mac mais rápido.

1. Encontre processos que demandam muito processamento

Utilize o "Monitor de Atividade" (o Gerenciador de Tarefas do Mac) para ter acesso aos processos rodando em segundo plano. Identifique e feche processos que não são importantes. Para acessá-lo, utilize o atalho do teclado ⌘ Command + Barra de espaço, digite Monitor de Atividade e pressione Return.

Clique na aba "%CPU" para organizar os processos pela ordem dos que consomem mais processamento. Em alguns casos, somente uma aplicação pode consumir até 99% de processamento do Mac, o que deixa a máquina extremamente lenta.

Para forçar o fechamento de algum processo, clique em algum dos nomes na lista e depois clique no botão X na barra de tarefas. É importante ter certeza de que não está fechando nenhum processo relevante ao sistema.

Antes de partir para esse procedimento, tente identificar o aplicativo que está consumindo recursos e feche-o normalmente. Dessa forma é possível evitar que algum processo importante seja fechado por acidente.

No monitor de atividades do Mac, confira quais apps demandam maiores recursos do sistema - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
No monitor de atividades do Mac, confira quais apps demandam maiores recursos do sistema - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

Caso queria identificar processos que estejam utilizando muito espaço da RAM, é só clicar na aba "Memória". Um processo que usa muito esse recurso pode acabar diminuindo a performance geral do sistema.

A aba "Disco", ao lado de "Energia", revela processos que estão acessando muito o seu HD. Assim como no caso da memória RAM, explorar constantemente o disco rígido pode deixar o Mac mais lento.

2. Feche aplicativos desnecessários

O macOS costuma deixar os aplicativos abertos no dock do sistema. Clicar no botão vermelho da janela de app apenas mantém uma aplicação rodando em segundo plano.

Geralmente, isso não chega a comprometer a performance da máquina. Mas caso note alguma lentidão anormal no sistema, pode valer a pena verificar se não tem muitos aplicativos abertos desnecessariamente.

Para identificar as aplicações abertas em segundo plano, procure por um ponto logo abaixo do ícone no dock, clique com o botão direito do mouse e selecione "Encerrar".

Outro atalho que pode ser usado para fechar apps definitivamente é apertar as teclas ⌘ Command + Q — vale lembrar que esse atalho pode fechar um software sem mostrar nenhum alerta ao usuário. Tenha certeza do que está fazendo para não perder nada importante.

Encerre aplicativos no dock para fechá-los completamente - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Encerre aplicativos no dock para fechá-los completamente - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

3. Desmarque softwares que iniciam com o macOS

Se você está enfrentando lentidão ao inciar o sistema, pode ser que o macOS esteja configurado para inciar com vários aplicativos simultaneamente.

Para controlar a lista de apps que iniciam junto ao sistema, abra as "Preferências do Sistema" e clique em "Usuários e Grupos". Selecione a sua conta de usuário e clique em "Itens de início". Desmarque as aplicações desnecessárias que não precisam iniciar com o carregamento do sistema.

Caso queira adicionar alguma aplicação para carregar com o sistema, basta arrastar o ícone para dentro da lista ou clicar no "+" abaixo da lista.

Diminua a quantidade de apps que iniciam com o sistema - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Diminua a quantidade de apps que iniciam com o sistema - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

4. Reduza animações e efeitos de transparência

Efeitos de transparência e animações podem prejudicar o processamento gráfico, principalmente se o Mac for de um modelo mais antigo. Reduzir ou desativar esses efeitos pode tornar a máquina mais responsiva.

Para mudar as configurações, clique no app "Preferências do Sistema" e vá em "Acessibilidade" > "Exibição". Marque a opção "Reduzir Transparência", para diminuir os efeitos na interface do macOS, e "Reduzir Movimento", para suavizar as animações.

Reduza efeitos do Mac para melhorar seu desempenho - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Reduza efeitos do Mac para melhorar seu desempenho - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

5. Dê preferência ao Safari

Um navegador que demanda muitos recursos da máquina pode acabar deixando tudo mais lento. Ao contrário de outras plataformas, o Google Chrome não é um navegador recomendando para Macs mais antigos. O browser não apresenta bom desempenho geral quando é utilizado no macOS.

Tentar diminuir o número de extensões instaladas no Chrome, ou evitar abrir muitas abas ao mesmo tempo. Essas dicas podem te ajudar a economizar o uso de memória RAM e recursos de processamento.

Outra solução pode ser migrar para o Safari. O navegador nativo do Mac se dá melhor que o Chrome, especialmente em relação ao consumo de bateria nos Macbooks. Se você não depende do uso de extensões no Chrome, pode ser uma boa migrar para o browser da Apple.

Dê preferência ao Safari para consumir menos recursos do macOS - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Dê preferência ao Safari para consumir menos recursos do macOS - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

6. Desabilite o recurso de encriptação de disco

O FileVault é um recurso que funciona como uma camada de proteção aos seus arquivos do Mac, mantendo-os seguros e criptografados, evitando invasão de dados pessoais em caso de perda ou roubo. Ele ainda impede que terceiros tentem mudar a senha do computador ou entrar no sistema sem a permissão do proprietário.

O problema é que o FileVault acaba tornando o boot do sistema e o login inicial muito lentos. Se esse for o seu caso, vá até "Preferências do Sistema", clique em "Segurança e Privacidade" e depois em "FileVault". Selecione a opção "Desativar FileVault" para desativar a encriptação de disco.

Por questões de segurança, recomendamos que esta ferramenta fique ativada. Mas se o Mac estiver demorando demais para iniciar o sistema, experimente desativá-la.

O FlieVault pode causar lentidões na inicialização do sistema - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
O FlieVault pode causar lentidões na inicialização do sistema - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

7. Deixe o Finder mais rápido

Quando uma janela do Finder é aberta, a opção que vem selecionada por padrão é a que mostra "Recentes". Se o disco do Mac está cheio de arquivos, esse processo de abrir uma nova janela pode ficar cada vez mais lento com o passar do tempo.

Para prevenir que isso aconteça, basta ir ao menu superior do Mac, clicar em "Finder" > "Preferências...". Depois, selecione a pasta de sua preferência em "Novas janelas do Finder mostram:".

Você pode, por exemplo, selecionar a pasta "Documentos". Dessa forma, o Finder não carrega mais todos os arquivos do sistema ao abrir uma nova janela do gerenciador de arquivos do macOS.

Modifique o padrão de nova janela do Finder para carregá-la mais rapidamente - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Modifique o padrão de nova janela do Finder para carregá-la mais rapidamente - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

8. Libere espaço de armazenamento

Assim como em PCs e outros dispositivos, liberar espaço de armazenamento do Mac pode dar mais agilidade ao sistema. Para descobrir se o disco do seu Mac está cheio, no topo da tela, clique no botão "Apple" e selecione "Sobre Este Mac". Em seguida, clique em "Armazenamento". Se não tiver muito espaço sobrando, clique no botão "Gerenciar...".

A tela de gerenciamento de arquivos dá opções para otimizar espaço do Mac, esvaziar a lixeira de forma automática, reduzir acúmulo de documentos e outros itens, além de mostrar, na barra lateral, todas as categorias que estão ocupando mais espaço interno do seu HD/SSD.

Explore a barra lateral e tente se livrar de arquivos desnecessários. Uma ótima sugestão é clicar na opção "Tamanho", na barra de informações dos arquivos, para ver quais itens estão ocupando mais espaço interno.

Liste os arquivos pesados e apague aqueles que estão apenas ocupando espaço no Mac - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Liste os arquivos pesados e apague aqueles que estão apenas ocupando espaço no Mac - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

9. Faça uma instalação limpa do macOS

Se você já seguiu todas as dicas anteriores e continua tendo dificuldades devolver o bom desempenho ao Mac, tente reinstalar o sistema operacional do zero. Não se esqueça de fazer um backup completo dos seus arquivos antes de começar o processo.

Se não tiver nenhuma mídia de instalação, não se preocupe, o macOS conta com um modo de recuperação que permite baixar e reinstalar a versão do sistema que veio de fábrica, a versão atual ou a mais recente para o modelo do seu Mac.

Para saber mais sobre o recurso, confira nosso guia definitivo sobre como formatar o Mac (macOS).

Reinstalar o macOS no seu computador pode ser a solução para os problemas de perfomance - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)
Reinstalar o macOS no seu computador pode ser a solução para os problemas de perfomance - Captura de tela: Thiago Furquim (Canaltech)

Em último caso, se o seu Mac ainda possui um HD convencional, pode ser uma boa ideia fazer o upgrade para um SSD, ou Solid State Drive. Esse modelo de disco melhora bastante a performance geral de uma máquina mais antiga.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos