Mercado abrirá em 6 h 41 min
  • BOVESPA

    109.101,99
    +1.088,52 (+1,01%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.508,35
    -314,88 (-0,60%)
     
  • PETROLEO CRU

    86,29
    -0,61 (-0,70%)
     
  • OURO

    1.841,20
    -1,40 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    38.895,26
    -3.014,54 (-7,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    918,89
    -76,37 (-7,67%)
     
  • S&P500

    4.482,73
    -50,03 (-1,10%)
     
  • DOW JONES

    34.715,39
    -313,26 (-0,89%)
     
  • FTSE

    7.585,01
    -4,65 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    24.773,00
    -179,35 (-0,72%)
     
  • NIKKEI

    27.351,30
    -421,63 (-1,52%)
     
  • NASDAQ

    14.659,50
    -181,50 (-1,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1362
    +0,0061 (+0,10%)
     

Confira as novidades para o Pix em 2022

·2 min de leitura
(Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
(Photo Illustration by Rafael Henrique/SOPA Images/LightRocket via Getty Images)
  • Ainda em seus estágios iniciais, o Pix já bateu recorde, acumulando mais transações que boletos, TEDs, DOCs e cheques somados

  • Algumas das novidades ainda não tem data para sair

  • Metade da população brasileira já se rendeu ao sistema de pagamentos instantâneo

O sistema de pagamento instantâneo do Banco Central já conquistou milhões de brasileiros. Em pouco mais de um ano de existência, o Pix já tem mais de 106 milhões de cidadãos cadastrados.

Ao todo, já foram realizadas mais de 1,6 bilhões de transações e movimentando mais de R$ 4 trilhões! Recentemente, o sistema bateu seu recorde de transações em um único dia, 51,9 milhões!

No entanto, o desenvolvimento do sistema ainda não está completo. Há muitas novas ferramentas por vir no próximo ano, confira aqui algumas delas.

Leia também:

Débito automático

A função de débito automático deverá vir ao Pix no próximo ano. Segundo o Banco Central, essa função irá ajudar a realizar pagamentos recorrentes, como contas de telefone, internet ou aluguel.

A função provavelmente poderá ser programada a partir da área Pix do usuário.

Pagamentos offline

O Banco Central não escondeu seu desejo de criar a possibilidade que os pagamentos sejam feitos de forma offline. Ainda em fase de teste com três tecnologias diferentes, uma delas a partir de QR code, ainda não se sabe como funcionará essa tecnologia.

Pix internacional

Ainda sem data definida para ser lançada, o BC já está em conversa com bancos centrais ao redor do mundo, como o da Inglaterra e o da Itália, para permitir a transferência internacional de valores entre os países.

Aproximação

Uma das ferramentas mais esperada é a possibilidade de pagamento por aproximação, da mesma forma que é realizada hoje com os cartões de crédito.

Um facilitador na hora de pagar, visto que corta etapas, o recurso provavelmente dependerá da tecnologia NFT. Isso, no entanto, poderá abrir caminho para o pagamento de passagens de ônibus, por exemplo, com o Pix.

Agendamento e parcelamento

Chamado de Pix garantido, essa nova ferramenta permitirá o parcelamento e agendamento de pagamentos futuros, como ocorre hoje com um cartão de crédito.

Para as lojas a aceitação dessa modalidade pode ser um bom negócio, visto que se houverem taxas, deverão ser menores que as cobradas pelas bandeiras dos cartões de crédito.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos