Mercado fechado

Confiança empresarial alemã cai em outubro por preocupação com coronavírus

Por Paul Carrel e Rene Wagner
·1 minuto de leitura
Consumidora em Hamburgo
Consumidora em Hamburgo

Por Paul Carrel e Rene Wagner

BERLIM (Reuters) - A confiança empresarial alemã caiu pela primeira vez em seis meses em outubro, pressionada pelas preocupações das empresas com o aumento das infecções por coronavírus, o que as deixa mais cautelosas sobre os próximos meses, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira.

O instituto Ifo afirmou que seu índice de clima de negócios caiu para 92,7 de 93,2 em setembro. Pesquisa da Reuters projetava recuo para 93,0.

"As empresas estão consideravelmente mais céticas em relação aos acontecimentos nos próximos meses", disse o presidente do Ifo, Clemens Fuest, em comunicado.

A pesquisa não indicou outra contração econômica, disse o economista do ING Carsten Brzeski. "Mas como toda a Europa está na segunda onda do vírus, o índice de hoje do Ifo marca o fim da recuperação e o início de temores de uma queda dupla", completou ele.

O economista do Ifo Klaus Wohlrabe projeta crescimento no quarto trimestre de 2,1%, mas disse que isso pode acabar sendo otimista demais se o aumento das taxas de infecção provocar um segundo lockdown.