Mercado fechará em 6 h 40 min
  • BOVESPA

    100.985,88
    +222,28 (+0,22%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.294,83
    +553,33 (+1,16%)
     
  • PETROLEO CRU

    111,26
    +1,69 (+1,54%)
     
  • OURO

    1.825,40
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    20.966,83
    -279,79 (-1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    458,45
    -3,34 (-0,72%)
     
  • S&P500

    3.900,11
    -11,63 (-0,30%)
     
  • DOW JONES

    31.438,26
    -62,42 (-0,20%)
     
  • FTSE

    7.344,70
    +86,38 (+1,19%)
     
  • HANG SENG

    22.418,97
    +189,45 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    27.049,47
    +178,20 (+0,66%)
     
  • NASDAQ

    12.079,25
    +38,75 (+0,32%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4800
    -0,0641 (-1,16%)
     

Confiança dos investidores da zona do euro melhora, mas a economia ainda está em queda

Mercado em Nice, França

BERLIM (Reuters) - A confiança dos investidores na zona do euro subiu mais do que o esperado em junho, o primeiro aumento após a invasão russa da Ucrânia, mostrou pesquisa nesta terça-feira, já que muitas empresas ainda não sentiram tanto impacto da inflação e dos gargalos de fornecimento quanto temiam.

O índice Sentix para a zona do euro subiu para -15,8 pontos em junho de -22,6 em maio, que tinha sido o valor mais fraco desde junho de 2020

Pesquisa da Reuters apontavam para uma leitura de -20,0 em junho.

"Por mais impressionante que a melhora da situação e os valores das expectativas possam parecer à primeira vista, é pouco provável que isso marque uma reviravolta", disse Manfred Huebner, diretor administrativo da Sentix.

Embora os consumidores já estejam sofrendo com o aumento dos preços, muitas empresas têm sido capazes de repassar seus custos em forte ascensão para seus clientes e se beneficiaram da corrida para comprar bens e serviços antes do aumento dos preços, disse Huebner.

No entanto, esta fase parece destinada a terminar, já que os consumidores finais terão que reduzir em algum momento, e a política monetária pode se tornar mais restritiva na zona do euro a partir de julho, disse o economista.

O subíndice das condições atuais melhorou para -7,3 em junho de -10,5 em maio, e o de expectativas foi a -24,0 em junho de -34,0 em maio.

O Sentix entrevistou 1.225 investidores entre 2 de junho e 4 de junho.

(Reportagem de Zuzanna Szymanska)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos