Mercado fechado
  • BOVESPA

    120.061,99
    -871,79 (-0,72%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.528,97
    +456,35 (+0,95%)
     
  • PETROLEO CRU

    61,95
    -0,72 (-1,15%)
     
  • OURO

    1.779,10
    +0,70 (+0,04%)
     
  • BTC-USD

    55.042,06
    -63,39 (-0,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.257,00
    +22,58 (+1,83%)
     
  • S&P500

    4.134,94
    -28,32 (-0,68%)
     
  • DOW JONES

    33.821,30
    -256,33 (-0,75%)
     
  • FTSE

    6.866,11
    +6,24 (+0,09%)
     
  • HANG SENG

    28.621,92
    -513,81 (-1,76%)
     
  • NIKKEI

    28.508,55
    -591,83 (-2,03%)
     
  • NASDAQ

    13.763,50
    -30,75 (-0,22%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,6727
    -0,0298 (-0,44%)
     

Confiança dos empresários da construção cai pelo terceiro mês, diz FGV

Vitor Abdala – Repórter da Agência Brasil
·1 minuto de leitura

O Índice de Confiança da Construção, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), recuou 3,2 pontos de fevereiro para março deste ano, na terceira queda consecutiva. O indicador chegou a 88,8 pontos, o menor nível desde agosto de 2020 (87,8 pontos). O índice é medido em uma escala de zero a 200 pontos e, a partir de 100, indica otimismo do setor.

O Índice de Situação Atual, que mede a percepção dos empresários da construção sobre o presente, recuou 2,2 pontos e passou para 87,8 pontos. O Índice de Expectativas, que mede a confiança no futuro, caiu 4,1 pontos, sua quinta queda consecutiva, e atingiu 90 pontos.

O Nível de Utilização da Capacidade da Construção caiu 1,5 ponto percentual para 71,8%.

Entre os fatores limitativos para o crescimento do setor apontados pelos empresários estão a elevação dos preços dos materiais e as dificuldades enfrentadas pela pandemia de covid-19.