Confiança das empresas na Alemanha sobe apesar de turbulência bancária

Vista de Frankfurt, Alemanha

BERLIM (Reuters) - A confiança das empresas alemãs subiu inesperadamente em março, ampliando os sinais de que a maior economia da Europa está se estabilizando, apesar da turbulência recente no setor bancário, mostrou uma pesquisa nesta segunda-feira.

O instituto Ifo disse que seu índice de clima de negócios saltou para 93,3, de uma leitura de 91,1 em fevereiro. Pesquisa da Reuters com analistas apontou para uma leitura em março de 91,0.

A melhora pelo quinto mês consecutivo foi impulsionada principalmente pelas expectativas de negócios, que subiram para 91,2 em março, de 88,4 no mês anterior, nível mais alto em pelo menos um ano, segundo o Ifo.

Os gerentes de 9.000 empresas pesquisadas pelo Ifo não mudaram seu sentimento positivo apesar da turbulência no setor bancário, provavelmente porque nenhum banco alemão foi afetado até agora, disse à Reuters o chefe de pesquisas do Ifo, Klaus Wohlrabe.

"Apesar da turbulência nos mercados financeiros, a economia alemã está começando a primavera (no hemisfério norte) com um bom pressentimento", disse ele.

O governo alemão disse que a situação econômica deve melhorar a partir da primavera e, em janeiro, revisou sua projeção econômica para 2023, prevendo um crescimento de 0,2%.

(Reportagem de Miranda Murray e Rene Wagner)