Confiança do consumidor tem leve alta em novembro

Os brasileiros ficaram um pouco mais confiantes em relação à economia em novembro, indica a pesquisa "Índice Nacional de Expectativa do Consumidor" (Inec). Esse estudo foi divulgado nesta quarta-feira pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). A pesquisa mostra que indicador de confiança atingiu 117,0 pontos este mês, ante 116,4 pontos em outubro. É uma alta modesta, de 0,5%, mas ainda assim é o maior valor do Inec registrado em 2011 e 2012.

A CNI destaca que o resultado de novembro representa o segundo aumento consecutivo do Inec, considerando que em setembro o indicador tinha atingido 113,2 pontos. "Mesmo não tendo crescido tanto em novembro como em outubro, é importante registrar que voltamos a ter uma curva de crescimento, não mais de estabilidade", afirmou o economista da CNI Marcelo Azevedo. O Inec é um índice de base fixa, considerando a média "100" de 2001.

O Inec é composto por seis indicadores: expectativa de inflação, expectativa de desemprego e expectativa de renda pessoal, além de avaliação sobre situação financeira, endividamento e compras de bens de maior valor. Apesar de, na média, o indicador ter apresentado leve alta em novembro, metade dos componentes da pesquisa teve crescimento e a outra metade, baixa.

Caíram nesta mais recente edição da pesquisa os índices sobre expectativa de inflação (113,1 pontos, em outubro; para 110,4 pontos, em novembro); expectativa de desemprego (136,1 pontos em outubro; para 135,6 pontos, em novembro); e endividamento (111,6 pontos, em outubro; para 107,4 pontos, em novembro). Subiram os índices de expectativa de renda pessoal (114,8 pontos, em outubro; para 118,1 pontos, em novembro); sobre a situação financeira (115,6 pontos, em outubro; para 117,8 pontos, em novembro); e compras de bens de maior valor (113,1 pontos, em outubro; para 116,1 pontos, em novembro).

"O aumento da intenção de compras de bens de maior valor é uma boa notícia. Cresceu sobre o mês passado e também sobre 2011", disse Azevedo. Ele lembrou que esse indicador é sempre influenciado no final do ano pelas compras de Natal.

O Inec é elaborado pela CNI a partir de pesquisa de opinião pública de abrangência nacional conduzida pelo Ibope Inteligência. Foram ouvidas 2.002 pessoas, com coleta de informações entre os dias 8 e 12 de novembro. O estudo é divulgado mensalmente pela confederação.

Carregando...