Confiança do consumidor alemão para janeiro cai a 5,6

A confiança do consumidor da Alemanha nas perspectivas econômicas deve piorar em janeiro, enquanto a maior economia da Europa teme que a recessão em outros países da zona do euro possa atingir o seu próprio crescimento econômico, segundo pesquisa divulgada hoje pelo instituto GFK.

O índice de confiança do consumidor da Alemanha para janeiro teve uma leve queda para 5,6 pontos, de 5,8 pontos em dezembro. Economistas previam que o indicador avançaria para 5,9 pontos.

Apesar de o nível geral de confiança permanecer "satisfatório", os consumidores alemães estão "se sentindo inseguros no fim do ano" como resultado de obstáculos econômicos internacionais, disse o GFK em um comunicado.

Os gastos dos consumidores têm ganhado importância na Alemanha como um meio de amortecer a desaceleração do crescimento das exportações da locomotiva da zona do euro. Um forte mercado de trabalho, que aumenta firmemente os salários, e uma modesta inflação se combinaram para estimular a confiança dos consumidores, dizem economistas.

Mas, ao mesmo tempo que os consumidores estão cada vez mais confiantes sobre seus possíveis acréscimos de renda, eles se preocupam com a possibilidade de a Alemanha enfrentar meses difíceis e ficaram mais cautelosos em relação aos gastos, declarou a GFK. As informações são da Dow Jones.

Carregando...