Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.822,11
    +475,28 (+1,12%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Condeno o vandalismo nas manifestações de hoje, afirma Doria

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Em nota divulgada em rede social, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), condenou os manifestantes que depredaram agência bancária e espaços públicos em ato contra Bolsonaro na capital paulista, neste sábado (24). Ele deu aval à ação da PM, que lançou bombas de efeito moral após a arruaça.

Doria, pré-candidato à Presidência, também fez crítica a Bolsonaro em seu pronunciamento, aludindo que "vândalos" que promovem depredações são tão autoritários e violentos quanto aquele que é alvo do protesto.

"Condeno o vandalismo nas manifestações de hoje. Quem age como vândalo é tão autoritário e violento como aquele que é alvo do protesto. Democracia significa dialogo, equilíbrio, jamais baderna. PM de SP agirá sempre que houver quebra da ordem. Ato democrático sim, violência não", escreveu o governador.

O ato em São Paulo foi encerrado após confronto da PM com manifestantes envolvendo bombas de gás lacrimogênio e disparos de balas de borracha. A ofensiva teve início depois que um grupo de participantes quebrou a vidraça de uma agência bancária do Itaú, na rua da Consolação.

Alguns manifestantes encapuzados ainda arremessaram pedras contra os policias e contra a cavalaria da PM -uma delas acertou o motorista de um dos trios elétricos da organização.

A Secretaria de Segurança Pública afirma em nota que seis pessoas que portavam objetos como soco inglês e fogos de artifício foram encaminhadas ao 78º DP para o registro da ocorrência.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos