Mercado fechado
  • BOVESPA

    107.829,73
    -891,85 (-0,82%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    53.335,51
    -713,54 (-1,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    77,45
    +0,31 (+0,40%)
     
  • OURO

    1.886,00
    +1,20 (+0,06%)
     
  • BTC-USD

    23.259,76
    +449,27 (+1,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    536,71
    +10,75 (+2,04%)
     
  • S&P500

    4.164,00
    +52,92 (+1,29%)
     
  • DOW JONES

    34.156,69
    +265,67 (+0,78%)
     
  • FTSE

    7.864,71
    +28,00 (+0,36%)
     
  • HANG SENG

    21.298,70
    +76,54 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    27.592,25
    -93,22 (-0,34%)
     
  • NASDAQ

    12.742,00
    -34,75 (-0,27%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5766
    -0,0005 (-0,01%)
     

Concurso da Receita Federal tem inscrição prorrogada até o dia 25

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - As inscrições para o concurso público da Receita Federal foram prorrogadas até as 16h do dia 25 de janeiro, segundo edital de retificação publicado nesta quinta (19) no site da FGV (Fundação Getulio Vargas). Inicialmente, a organizadora havia estabelecido que as inscrições terminariam às 16h desta quinta.

São 699 vagas, sendo 469 para analista tributário e 230 para auditor fiscal. As remunerações iniciais são de R$ 11.684,39 e R$ 21.029,09, respectivamente.

Para participar é preciso registrar a inscrição pelo site do concurso e pagar a taxa de R$ 115, para o cargo de analista tributário, ou de R$ 210, para o cargo de auditor fiscal.

Com o prazo ampliado, a taxa de inscrição precisará ser paga até, no máximo, o dia 26. Além disso, o Darf (documento de arrecadação) só poderá ser emitido até as 16h do dia 26. Caso o pagamento não seja feito no prazo, a inscrição será cancelada, segundo informações do edital.

O candidato que desejar concorrer as vagas reservadas as pessoas com deficiencia devera marcar a opcao no link de inscricao e enviar o laudo medico especifico ate as 16h do dia 25. A relacao dos candidatos que tiverem a inscricao aceita para concorrer como pessoas com deficiencia está prevista para ser divulgada em 8 de fevereiro de 2023.

A previsão da organizadora do concurso é que a relação de candidatos negros que poderão concorrer às vagas reservadas também seja divulgada no dia 8 de fevereiro.

SELEÇÃO CONTARÁ COM CURSO DE FORMAÇÃO

O concurso será realizado em duas fases:

PRIMEIRA FASE

Prova objetiva: Terá 140 questões, sendo 80 de conhecimentos básicos e 60 de conhecimentos específicos para o cargo de auditor fiscal; 70 de conhecimentos básicos e 70 de conhecimentos específicos para o cargo de analista tributário

Prova discursiva: Terá duas questões de conhecimentos específicos para o cargo de auditor fiscal e uma questão de conhecimento específico para a seleção de analista tributário

Pesquisa de vida pregressa: Analisa o perfil do candidato nos âmbitos social, funcional, civil e criminal, além de possível incompatibilidade para exercer o cargo

As duas primeiras etapas serão de caráter classificatório e eliminatório e serão realizadas em todas as capitais do país. A última, de caráter apenas eliminatório, será online.

Serão eliminados candidatos que:

Acertarem menos que 50% das questões básicas ou específicas da prova objetiva

Zerarem alguma das disciplinas abordadas na prova objetiva

Deixarem as questões discursivas em branco ou ilegíveis

Forem classificados como não recomendados na pesquisa de vida pregressa

SEGUNDA FASE

Curso de formação profissional: O curso de formação será realizado a distância, de forma online e contará com uma semana de integração presencial dos candidatos. As provas serão aplicadas presencialmente nas cidades de Brasília, Manaus, Recife, São Paulo e Curitiba e a alocação levará em consideração a preferência do inscrito e a ordem de classificação

NOVIDADES NO CONCURSO

Este é o primeiro ano em que a FGV (Fundação Getulio Vargas) será a organizadora do concurso da Receita Federal. Algumas mudanças:

Apesar de o candidato não poder zerar uma disciplina e ter que acertar pelo menos metade das questões de conhecimento básico ou específico, não será mais exigida uma pontuação mínima dentro de cada área de conhecimento

Os dois cargos contarão com prova de língua inglesa e os candidatos não poderão optar pela prova de espanhol

Inscritos para ambos os cargos terão que responder a questões de fluência em dados, o equivalente à tecnologia da informação

Quem disputa uma vaga de analista tributário não terá que responder a questões de contabilidade, mas terá mais perguntas de administração pública e legislação tributária

Para o cargo de auditor, não será preciso responder a questões de comércio internacional, mas serão cobradas perguntas relacionadas a economia e finanças públicas

Mais informações sobre este concurso da Receita Federal podem ser obtidas pelo telefone 0800-2834628 e pelo email concursorfb22@fgv.br.