Mercado fechado
  • BOVESPA

    128.405,35
    +348,13 (+0,27%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.319,57
    +116,77 (+0,23%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,50
    +0,46 (+0,65%)
     
  • OURO

    1.763,90
    -10,90 (-0,61%)
     
  • BTC-USD

    35.459,16
    -2.458,46 (-6,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    888,52
    -51,42 (-5,47%)
     
  • S&P500

    4.166,45
    -55,41 (-1,31%)
     
  • DOW JONES

    33.290,08
    -533,37 (-1,58%)
     
  • FTSE

    7.017,47
    -135,96 (-1,90%)
     
  • HANG SENG

    28.801,27
    +242,68 (+0,85%)
     
  • NIKKEI

    28.964,08
    -54,25 (-0,19%)
     
  • NASDAQ

    14.103,00
    -62,50 (-0,44%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,0361
    +0,0736 (+1,23%)
     

Concessionária de infraestrutura Conasa pede registro para IPO

·1 minuto de leitura

Por Aluisio Alves

SÃO PAULO (Reuters) - A empresa de infraestrutura Conasa pediu registro para realizar uma oferta inicial de ações (IPO), segundo documento revelado nesta terça-feira pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Criada em 2007 e com sede em Londrina (PR), a Conasa atua em concessões públicas e parcerias público privadas regionais de saneamento, iluminação pública e rodovias.

A companhia tem entre os sócios os fundos fechados de previdência Serpros e Igreprev Tocantins, além de um grupo de 12 pessoas físicas reunidas sob o fundo de investimentos Infra Patrimonial I FIP. Nenhum deles venderá ações na oferta.

Assim, todos os recursos da operação irão para o caixa da Conasa, que pretende usá-los para participar de leilões de concessão de infraestrutura, participar de PPPs, reduzir dívidas e comprar participação em empresas do setor.

A companhia informa no prospecto preliminar da oferta que teve receita líquida de 108,9 milhões de reais no primeiro trimestre, aumento de 52,4% sobre um ano antes, com a margem Ebitda caindo de 51,2% para 37,4%. A alavancagem, medida pela relação entre dívida líquida e Ebitda, subiu de 1,76 para 3,88 vezes no período.

A oferta será coordenada por Santander, Itaú BBA, BTG Pactual, Banco ABC Brasil e Safra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos