Mercado fechará em 5 h 31 min
  • BOVESPA

    113.356,12
    -1.291,88 (-1,13%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.798,38
    +985,48 (+1,90%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,09
    +0,81 (+0,98%)
     
  • OURO

    1.767,00
    -1,30 (-0,07%)
     
  • BTC-USD

    60.955,61
    -180,98 (-0,30%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.427,77
    +21,03 (+1,49%)
     
  • S&P500

    4.471,37
    +107,57 (+2,47%)
     
  • DOW JONES

    35.294,76
    +916,96 (+2,67%)
     
  • FTSE

    7.191,37
    -42,66 (-0,59%)
     
  • HANG SENG

    25.409,75
    +78,75 (+0,31%)
     
  • NIKKEI

    29.025,46
    +474,56 (+1,66%)
     
  • NASDAQ

    15.070,50
    -64,00 (-0,42%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4200
    +0,0162 (+0,25%)
     

Concerto em Brasília abre atividades pelos 200 anos da Independência

·2 minuto de leitura

A Concha Acústica do Distrito Federal, em Brasília, será palco hoje (21), às 20h, de concerto gratuito da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro, com o tenor Saulo Laucas, marcando o início das ações da Fundação Nacional de Artes (Funarte) pelos 200 anos de Independência do Brasil. A apresentação é promovida por meio do programa Arte de Toda Gente, realizado pela Funarte em parceria com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e que reúne os projetos Bossa Criativa, Um Novo Olhar e Sistema Nacional de Orquestras Sociais (Sinos). A regência é do maestro Claudio Cohen.

Com formação em canto lírico, o bacharel pela Escola Nacional de Música da UFRJ Saulo Laucas é autista e deficiente visual desde o nascimento e segue carreira com apresentações em diversas cidades do país. Nascido no Rio de Janeiro em 4 de maio de 1984, Laucas gravou seu primeiro CD Belle Canzoni Italiane em abril de 2020.

No repertório estarão obras clássicas relacionadas ao momento histórico ou contemporâneas de Dom Pedro I. Do programa fazem parte criações dos brasileiros José Joaquim de Souza Negrão, da Bahia, José Maurício Nunes Garcia, do Rio de Janeiro, e João de Deus Castro Lobo, de Minas Gerais. As composições internacionais são de Marcos Portugal, de Portugal, Gioachino Rossini, da Itália, Felix Mendelssohn, da Alemanha, e César Franck, da Bélgica.

Espetáculo

Com capacidade para 5 mil pessoas, a Concha Acústica do Distrito Federal estará aberta para receber até 1,2 mil no espetáculo, em respeito às medidas sanitárias de combate à covid-19. O espaço foi reaberto em agosto deste ano, após reforma. Os ingressos são obtidos gratuitamente pela plataforma www.oquevemporai.com. O concerto poderá ser assistido também pelo canal Arte de Toda Gente, no YouTube.

O evento tem apoio do Ministério do Turismo, da Secretaria Especial da Cultura, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal.

A Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro (OSTNCS) foi fundada em março de 1979, pelo maestro e compositor Claudio Santoro e é considerada uma das principais instituições do gênero no Brasil. Dirigida atualmente pelo maestro titular e diretor artístico Claudio Cohen, a orquestra também tem, em sua linha de atuação, atividades como concertos sociais e educacionais, festivais de ópera, seminários internacionais de dança, a série Concertos nos Parques, entre outras, com presença em diversos segmentos da sociedade.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos