Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.910,10
    -701,55 (-0,62%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.661,86
    +195,84 (+0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    87,29
    +0,68 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.790,10
    -3,00 (-0,17%)
     
  • BTC-USD

    37.859,85
    +1.792,73 (+4,97%)
     
  • CMC Crypto 200

    863,83
    +21,37 (+2,54%)
     
  • S&P500

    4.431,85
    +105,34 (+2,43%)
     
  • DOW JONES

    34.725,47
    +564,69 (+1,65%)
     
  • FTSE

    7.466,07
    -88,24 (-1,17%)
     
  • HANG SENG

    23.550,08
    -256,92 (-1,08%)
     
  • NIKKEI

    26.717,34
    +547,04 (+2,09%)
     
  • NASDAQ

    14.430,25
    +443,50 (+3,17%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,9813
    -0,0427 (-0,71%)
     

Conceito de cabine da Mitsubishi rastreia os olhos do motorista para direcionar os faróis do veículo

·2 min de leitura
Conceito de cabine da Mitsubishi rastreia os olhos do motorista para direcionar os faróis do veículo
Conceito de cabine da Mitsubishi rastreia os olhos do motorista para direcionar os faróis do veículo

A Mitsubishi revelou um conceito de cabine de veículos capaz de ajudar na redução de acidentes de trânsito. O Emirai xS Drive é capaz de monitorar constantemente o motorista e os passageiros por meio de câmeras infravermelhas e sensores de ondas de rádio. O conceito também é equipado com um ADAS (Advanced Driver Assistance System) para oferecer controle adaptativo dos faróis.

Com o sistema de câmeras infravermelhas, o cockpit captura as informações faciais e biométricas do motorista, (como olhos fechados, boca aberta, taxas de respiração ou pulsação anormais e assim por diante). Esse monitoramento ocorre até mesmo em situações de vibração do veículo e de mudanças na luz ambiente interna.

De olho no motorista

Para verificar sinais de fadiga, a cabine conceito da Mitsubishi também observa a postura, os movimentos e a temperatura corporal do condutor do veículo. Havendo registro de sonolência da pessoa – ou algum sinal físico de sofrimento – o sistema enviará um alerta recomendando uma pausa ou uma parada de emergência automatizada do automóvel junto ao acostamento.

ilustração da Mitsubishi de como funciona seu monitoramento do motorista
Imagem: Divulgação/Mitsubishi

O mesmo acontece com os passageiros dentro da cabine, com o Emirai xS Drive detectando presença, posição no carro e peso corporal das pessoas. Segundo a Mitsubishi, se um bebê for deixado para trás no veículo, o sistema de monitoramento alertará o motorista e outras pessoas nas proximidades.

A presença do passageiro no veículo é determinada por ondas de rádio de um sensor, que são processadas usando as “propriedades reflexivas e transmissivas” dos sinais. Mesmo se os passageiros estiverem enrolados em um cobertor ou posicionados em pontos cegos da câmera, o sistema conseguirá realizar suas funções de monitoramento.

Focando na estrada

ilustração de como funciona o ajuste dos faróis no conceito de cabine
Imagem: Divulgação/Mitsubishi

Para uma experiência de direção mais segura durante a noite, a cabine da Mitsubishi deverá trabalhar no auxílio aos motoristas com o ADAS, permitindo que o controle dos faróis seja adaptado a curvas e declives da estrada à frente. O sistema também ilumina perigos ou obstáculos potenciais fora da visão do condutor, permitindo que sejam melhor reconhecidos e emitindo alertas.

O conceito de cockpit da Mitsubishi não deve ser visto como uma prévia da cabine de um futuro carro da montadora. Ele fará sua estreia oficial na CES 2022, de 5 a 8 de janeiro, no Las Vegas Convention Center. Pode levar anos até que as tecnologias encontrem seu caminho nos veículos de produção.

Leia mais:

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos