Conab: safra terá maior produtividade da história

O quinto levantamento da safra de grãos 2012/13, divulgado nesta quinta-feira pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), aponta para conquista da mais alta produtividade média já registrada, de 3.508 quilos por hectare. A boa produtividade, aliada ao cultivo da área recorde de 52,981 milhões de hectares, resultará na colheita de 185 milhões de toneladas de grãos, o maior volume da história.

O ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, destacou o aumento do uso de tecnologia no campo e antecipou que no próximo plano de safra, que deve ser anunciado em maio, o governo pretende introduzir inovações para incentivar o aumento da produção e apoiar o investimento em armazenagem no campo. "A presidente Dilma Rousseff nos pede para que cada vez mais estejamos sempre à frente, trabalhando em benefício do produtor brasileiro", diz ele.

O diretor de Política Agrícola e Informação da Conab, Silvio Porto, durante apresentação do levantamento de safra, ressaltou a contribuição do clima para a evolução das lavouras nesta safra. Ele observa que ainda não existe definição em relação à normalidade das chuvas em algumas regiões do semiárido nordestino e lembra o risco de geadas em meados do ano nas lavouras de milho safrinha no Paraná.

A soja e o milho são responsáveis pelo aumento de 2,096 milhões de hectares (+4,1%) na área cultivada com grãos, que atingiu 52,981 milhões de hectares. A área de soja nesta safra aumentou em 2,603 milhões de hectares (10,4%), enquanto o milho no total terá 238,9 mil hectares a mais (1,6%). Esta safra consolida o milho safrinha como principal alternativa de cultivo do cereal, com aumento de 647 mil hectares (+8,5%) para 8,267 milhões de hectares, enquanto o plantio de verão recuou 409,1 mil hectares (5,4%) para 7,149 milhões de hectares. Vale lembrar que o Paraná, que no início dos anos 80 cultivava mais de 5 milhões de hectares de milho de verão, nesta safra está cultivando apenas 844 mil hectares.

Carregando...