Mercado abrirá em 5 h 42 min
  • BOVESPA

    102.814,03
    +589,77 (+0,58%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.796,30
    +303,78 (+0,61%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,21
    -1,74 (-2,49%)
     
  • OURO

    1.795,60
    +10,40 (+0,58%)
     
  • BTC-USD

    56.089,48
    -1.310,29 (-2,28%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.416,76
    -12,18 (-0,85%)
     
  • S&P500

    4.655,27
    +60,65 (+1,32%)
     
  • DOW JONES

    35.135,94
    +236,60 (+0,68%)
     
  • FTSE

    7.109,95
    +65,92 (+0,94%)
     
  • HANG SENG

    23.266,11
    -586,13 (-2,46%)
     
  • NIKKEI

    27.837,97
    -445,95 (-1,58%)
     
  • NASDAQ

    16.262,25
    -128,50 (-0,78%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3405
    +0,0113 (+0,18%)
     

Conab: Brasil deve produzir 289,9 milhões de grãos no ciclo 2021/2022

·2 min de leitura

O Brasil deve produzir 289,8 milhões de toneladas de grãos, 14,7% ou 37 milhões de toneladas superior ao obtido em 2020/21, segundo a segunda estimativa para o ciclo 2021/2022 divulgada nesta quinta-feira (11) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Segundo a companhia, o resultado foi impulsionado pelos bons volumes de chuvas e a semeadura das culturas de primeira safra.

A estimativa é que a área total cultivada no país na safra fique em 71,8 milhões de hectares semeados, um crescimento de 4,1% em relação à safra anterior. Conforme a Conab, nesse total, estão incluídas as culturas de primeira safra (semeadas entre agosto e dezembro de 2021), as de segunda safra, (semeadas entre janeiro e abril de 2022) e as culturas de terceira safra (entre meados de abril e junho de 2022).

Segundo o boletim, a safra de soja do Brasil deve atingir 142 milhões de toneladas. A produção do país, o maior produtor e exportador global do grão, deverá crescer 3,4% ante o ciclo 2020/21. Até o mês passado, a Conab previa uma área de 39,9 milhões de hectares. Agora a expectativa é um plantio de 40,3 milhões de hectares.

O volume total de milho deve chegar a 116,7 milhões de toneladas, com aumento de 2,5% na área a ser cultivada com a cultura de primeira safra. O algodão teve ampliação de 9,3% na área a ser semeada, chegando a 1,49 milhão de hectares. A produção de arroz teve crescimento de 0,3% na área a ser semeada e previsão de 11,5 milhões de toneladas.

De acordo com a Conab, para o feijão, somando-se os tipos cores, caupi e preto, a estimativa é de 3,6% a mais na produção da primeira safra, totalizando 1 milhão de toneladas, com as três safras estimadas em 3,1 milhões de toneladas. No caso do trigo, a safra 2021 ainda está sendo colhida e o volume de produção previsto atualmente é 7,68 milhões de toneladas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos