Mercado abrirá em 9 h 49 min
  • BOVESPA

    111.439,37
    -2.354,63 (-2,07%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.307,71
    -884,59 (-1,69%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,33
    -0,64 (-0,89%)
     
  • OURO

    1.748,90
    -2,50 (-0,14%)
     
  • BTC-USD

    45.566,62
    -2.435,54 (-5,07%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.137,80
    -87,73 (-7,16%)
     
  • S&P500

    4.432,99
    -40,76 (-0,91%)
     
  • DOW JONES

    34.584,88
    -166,42 (-0,48%)
     
  • FTSE

    6.963,64
    -63,84 (-0,91%)
     
  • HANG SENG

    24.019,25
    -901,51 (-3,62%)
     
  • NIKKEI

    30.500,05
    +176,75 (+0,58%)
     
  • NASDAQ

    15.212,00
    -114,00 (-0,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1882
    -0,0112 (-0,18%)
     

Comunicação por satélite do iPhone 13 será exclusiva para países específicos

·2 minuto de leitura

Há algumas semanas, rumores já indicam que a Apple colocará um chip de comunicação via satélites de baixa órbita (LEO) na nova linha de iPhones. Apesar disso, a tecnologia não permitirá mensagens ou chamadas ilimitadas sem a necessidade de um contrato com operadoras telefônicas, já que será uma função exclusiva para situações de emergência. Agora, informações extras indicam que a novidade não estará disponível para todos os mercados, e terá restrições a alguns países.

A informação veio do analista Mark Gurman, do Bloomberg. Ele também aponta que a comunicação via LEO somente funcionará em áreas sem cobertura telefônica, sem especificar exemplos de quais países ficarão de fora. Além disso, Gurman também aponta que a Apple pretende lançar seus próprios satétiles para fornecer a tecnologia sem depender de outras companhias, mas esses planos são reservados para um futuro mais distante. Na linha iPhone 13, a marca irá implementar um chip Qualcomm X60 customizado para permitir a conexão via satélite.

Comunicação via satélite poderá ser uma das novidades da linha iPhone 13 (Imagem: Apple Tomorrow)
Comunicação via satélite poderá ser uma das novidades da linha iPhone 13 (Imagem: Apple Tomorrow)

Apesar da instalação do novo hardware, não é esperado que a tecnologia esteja disponível já no lançamento — especulado para o dia 14 de setembro. Gurman também aponta que a novidade tem altos custos de produção, e poderia trazer algum tipo de insatisfação por parte das companhias telefônicas. Além disso, a comunicação só funcionaria ao ar livre, e o tempo de conexão com o satélite demoraria cerca de um minuto.

Tecnologia não levará ao fim das operadoras

iPhone implemetará um chip da Qualcomm para comunicação via satélite (Imagem: Reprodução/ConceptsiPhone)
iPhone implemetará um chip da Qualcomm para comunicação via satélite (Imagem: Reprodução/ConceptsiPhone)

Quando os primeiros rumores foram divulgados, cresceu a expectativa em torno da possibilidade de comunicação sem a necessidade de um contrato de operadora, e consequentemente sem um cartão SIM. Analistas logo explicaram que a tecnologia será utilizada somente para emergências, como acidentes de carro ou avião, naufrágios ou eventos climáticos graves, como tempestades ou terremotos. Além disso, a marca pode fazer uma espécie de integração com hospitais e outras instituições de saúde, divulgando informações como tipo sanguíneo, histórico médico e alergias, informações vitais em situações de crise.

Portanto, os usuários dos novos iPhones ainda precisarão das companhias telefônicas para chamadas e mensagens, e, segundo Gurman, a Apple não tem planos de implementar a comunicação via LEO para usos do dia a dia "nem agora, nem no ano que vem ou em um futuro próximo".

Outra fabricante que trará a tecnologia de comunicação via satélite é a Huawei, que pode lançar o Mate 50 com função de SMS via Beidou — uma transmissão por satélite local. Assim como no caso dos iPhones, não é confirmado que ele enviará mensagens ou fará chamadas de forma livre, ou se será exclusiva para situações de emergência. O aparelho deve ser lançado na China no período entre o fim deste ano e o início de 2022.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos