Mercado abrirá em 5 h 18 min

Compradores de casas de luxo em Londres buscam lugar para jatos

Olivia Konotey-Ahulu
·2 minuto de leitura

(Bloomberg) -- Os compradores de casas e mansões luxuosas em Londres e arredores estão exigindo uma nova comodidade na era de Covid-19: a proximidade de aeroportos privados.

Clientes super-ricos estão fazendo mais viagens em jatos particulares agora que a pandemia restringiu as viagens aéreas comerciais, de acordo com corretora imobiliária de luxo Beauchamp Estates de Londres. Isso inclui compradores estrangeiros que vêm usando aviões particulares para voar para a Inglaterra.

“Esta mudança nas viagens com o uso de jatos particulares colocou foco em residências com fácil acesso a aeroportos privados menores”, disse o diretor-gerente de Beauchamp, Jeremy Gee. “Nossos clientes agora estão nos pedindo para encontrar para eles casas grandes com acesso a lugares como Farnborough e Northolt”, disse ele, referindo-se a aeroportos dentro e perto de Londres.

As casas de luxo de Londres não estão aproveitando o boom que mobilizou o mercado residencial mais amplo. Os preços estão sob pressão há anos, com queda de 4,3% em 2020 dos valores no centro da cidade, de acordo com a corretora Knight Frank. Um ponto positivo são as mansões fora da capital, que tiveram o maior crescimento de preços em mais de seis anos, com os compradores evitando viver na cidade.

E se houver um aeroporto próximo, é um bônus. A Windsor Park Hall, uma mansão no condado rural de Surrey e perto do aeroporto de Farnborough, foi comprada por 21,5 milhões de libras (US$ 29,3 milhões) no final do ano passado, de acordo com a Beauchamp, que intermediou o negócio. O comprador, um bilionário russo, usou um jato particular para chegar à propriedade de 2.700 metros quadrados.

Mas pode ser preciso mais do que uma pista de pouso para a retomada do mercado de casas de luxo em 2021. O governo britânico lançou a ideia de aumento da taxa sobre ganhos de capital para ajudar a pagar o fardo econômico da pandemia, e isso além de um aumento de impostos para compradores estrangeiros a partir de abril.

“A tributação aqui é realmente o que impede que um grande volume em dinheiro volte para Londres”, disse Marcus O’Brien, negociador de vendas da Beauchamp.

For more articles like this, please visit us at bloomberg.com

Subscribe now to stay ahead with the most trusted business news source.

©2021 Bloomberg L.P.