Mercado fechará em 2 h 23 min
  • BOVESPA

    130.169,60
    +728,57 (+0,56%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.235,92
    -50,54 (-0,10%)
     
  • PETROLEO CRU

    70,92
    +0,01 (+0,01%)
     
  • OURO

    1.865,70
    -13,90 (-0,74%)
     
  • BTC-USD

    40.091,21
    +2.932,35 (+7,89%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.001,36
    +32,52 (+3,36%)
     
  • S&P500

    4.237,15
    -10,29 (-0,24%)
     
  • DOW JONES

    34.242,44
    -237,16 (-0,69%)
     
  • FTSE

    7.146,68
    +12,62 (+0,18%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    29.161,80
    +213,07 (+0,74%)
     
  • NASDAQ

    14.048,50
    +54,25 (+0,39%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1374
    -0,0552 (-0,89%)
     

Compra da MGM pela Amazon deve ser anunciada nesta semana

·2 minuto de leitura

Na semana passada, noticiamos que a franquia 007 deveria ser distribuída exclusivamente pela Amazon com o desenrolar de negociações de aquisição da MGM pela gigante de tecnologia. Agora, ao que tudo indica, as conversas estão concluídas e o resultado deve ser anunciado ainda nesta semana, de acordo com o The Wall Street Journal.

Fontes indicam que a Amazon deve adquirir a MGM Holdings por quase US$ 9 bilhões. Algumas conversas já estariam em andamentos há um bom tempo, mas o negócio só entrou num processo formal no fim do ano passado, quando os bancos de investimento LionTree LLC e Morgan Stanley foram contratados para supervisionar o acordo.

Essa parceria marcaria a segunda maior aquisição da Amazon, ficando atrás apenas da compra da Whole Foods, em 2017, por US$ 13,7 bilhões. A compra da MGM viria para um setor totalmente diferente e focado em entretenimento, com franquias como Tomb Raider, 007, Rocky Balboa e The Handmaid's Tale agora com o selo de exclusividade do Prime Video.

Tomb Raider também entra na negociação (Imagem: Divulgação / MGM)
Tomb Raider também entra na negociação (Imagem: Divulgação / MGM)

A ação faz parte do objetivo de a Amazon de estar cada vez mais presente no mercado de streaming. Os próximos projetos do serviço incluem a série de televisão d'O Senhor dos Anéis, com altíssimo orçamento, e o filme A Guerra do Amanhã, com Chris Pratt.

Quanto a 007, o buraco seria bem mais embaixo: um dos filmes mais aguardados de 2020 e agora de 2021 é Sem Tempo Para Morrer, o último de Daniel Craig como James Bond. Os estúdios estão apostando numa campanha enorme de promoção do longa, mas não contavam com vários contratempos, inclusive os causados pela pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2).

Originalmente, a obra estava programada para estrear nos cinemas em novembro de 2019, porém, após o cineasta Danny Boyle deixar a produção, o filme teve sua estreia reagendada para abril de 2020 e posteriormente foi adiado para novembro. Quando os estúdios notaram que a situação pandêmica não melhoraria a tempo, 007 foi reagendado para 30 de abril de 2021 e agora tem estreia prevista para 8 de outubro.

007 - Contra Spectre e todos os outros títulos da franquia entrariam para o catálogo do Prime Video (Imagem: Divulgação / MGM)
007 - Contra Spectre e todos os outros títulos da franquia entrariam para o catálogo do Prime Video (Imagem: Divulgação / MGM)

A questão para o público, todavia, é justamente analisar se é válido abrir mão de toda a celebração presencial que o 25º filme proporcionaria para um lançamento 100% digital numa plataforma de streaming. Em casos como esse, há acordos que permitem aos estúdios não lucrarem apenas com os direitos de distribuição, podendo ser discutido uma porcentagem nas assinaturas realizadas durante o período de lançamento do título no catálogo, mas, ainda assim, há dúvidas se esse realmente seria o melhor caminho para uma despedida de Craig como 007.

Embora as negociações sobre a aquisição estejam supostamente perto de sua conclusão, ainda não há garantia de que as negociações chegarão a uma resposta definitiva. Mais detalhes devem ser anunciados em breve.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: