Mercado abrirá em 1 h 41 min
  • BOVESPA

    106.924,18
    +1.236,18 (+1,17%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.579,90
    +270,60 (+0,55%)
     
  • PETROLEO CRU

    109,43
    -1,06 (-0,96%)
     
  • OURO

    1.803,60
    -4,60 (-0,25%)
     
  • BTC-USD

    30.002,07
    +142,72 (+0,48%)
     
  • CMC Crypto 200

    671,73
    -9,38 (-1,38%)
     
  • S&P500

    4.023,89
    +93,81 (+2,39%)
     
  • DOW JONES

    32.196,66
    +466,36 (+1,47%)
     
  • FTSE

    7.413,38
    -4,77 (-0,06%)
     
  • HANG SENG

    19.950,21
    +51,44 (+0,26%)
     
  • NIKKEI

    26.547,05
    +119,40 (+0,45%)
     
  • NASDAQ

    12.339,25
    -43,50 (-0,35%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2798
    +0,0207 (+0,39%)
     

Compra da brMalls pela Aliansce deve criar maior rede de shoppings do Brasil

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 11.06.2020 - Movimentação de consumidores dentro do shopping metrô Santa Cruz, em São Paulo. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 11.06.2020 - Movimentação de consumidores dentro do shopping metrô Santa Cruz, em São Paulo. (Foto: Adriano Vizoni/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após uma série de idas e vindas, a compra da administradora de shopping centers brMalls pela concorrente Aliansce Sonae está prestes a ser concluída. Se concretizado, o negócio criará a maior rede de shoppings do Brasil, avaliada em cerca de R$ 13,4 bilhões pelo valor de mercado combinado.

Em reunião nesta quinta-feira (28), o conselho de administração da brMalls aprovou a celebração de acordo de combinação dos negócios entre a companhia e a Aliansce. O negócio prevê que as ações da brMalls sejam incorporadas pela Aliansce.

Entre os centros comerciais administrados pela brMalls estão os shoppings Metrô Santa Cruz, Jardim Sul e Mooca Plaza Shopping, em São Paulo. Entre os administrados pela Aliansce estão o Parque D. Pedro e o Plaza Sul.

"O conselho de administração, por maioria, aprovou a celebração do protocolo [de incorporação] e recomenda aos seus acionistas a aprovação da operação", diz o comunicado divulgado pela brMalls nesta sexta-feira (29).

O documento diz que o negócio ainda será submetido à aprovação dos acionistas da brMalls em assembleia geral a ser convocada nos próximos dias.

"Em relação aos méritos da operação, a administração da brMalls entende que a combinação de negócios proporcionará uma nova companhia com liderança comercial, ganhos de escala, captura de sinergias e maior capacidade de investimento", diz a brMalls.

Os termos econômicos da operação refletem aqueles constantes da terceira proposta de combinação de negócios com a brMalls, enviada pela Aliansce em 18 de abril.

Pela proposta, foram oferecidos aos acionistas da brMalls um pagamento em dinheiro no valor de R$ 1,25 bilhão, correspondente a R$ 1,50 por ação ordinária da brMalls, além de um pagamento com a entrega de 326,3 milhões de ações da Aliansce, representativas de 55,13% do capital social da companhia combinada.

De acordo com a brMalls, tais condições representam um aumento de cerca de 17,2% em comparação com a proposta original apresentada pela Aliansce em 4 de janeiro, considerando-se o preço de fechamento desta quinta.

"A Aliansce Sonae está convicta de que a combinação de negócios representa uma excelente oportunidade de criação de valor, que resultará em significativos ganhos aos acionistas de ambas as companhias e, em especial, que viabilizará, ainda mais, a transformação dos setores de varejo e shopping centers, por meio do fortalecimento da companhia combinada", diz a Aliansce.

A empresa acrescenta que o negócio permitirá investimentos mais robustos para manter os ativos das companhias atualizados e o desenvolvimento da estratégia de negócios no ambiente "figital", combinação entre os ambientes físico e digital.

Segundo Rodrigo Crespi, analista da Guide Investimentos, o fechamento do acordo pode criar sinergias positivas para as duas empresas e criará um ganho de escala expressivo entre os shoppings administrados por ambas. "Porém, em nossa visão, o aceite já era esperado e já está incorporado no valor das ações", diz o analista.

Já o time de análise da Ativa Investimentos destaca que, devido ao tamanho da nova empresa, seu poder de barganha com fornecedores será muito maior, o que deverá reduzir custos de condomínio e, consequentemente, atrair mais lojistas.

"[Em teleconferência nesta sexta] ambas as diretorias mencionaram a intenção de que a companhia combinada permaneça no Novo Mercado, o mais alto nível de governança da Bolsa de Valores. Em termos de composição do conselho, a intenção é que o conselho seja composto por nove membros: dois indicados pela brMalls, quatro pela Aliansce Sonae e três independentes", dizem os analistas do Goldman Sachs.

As ações da brMalls fecharam a sessão em alta de 0,96%, enquanto as da Aliansce recuaram 0,14%.

Raio-X brMalls

Início das operações: 1949

Lucro líquido em 2021: R$ 276,1 milhões

Shoppings: Jardim Sul, Mooca Plaza Shopping, Shopping Metrô Santa Cruz (SP); Center Shopping Uberlândia, Independência Shopping, Shopping Del Rey (MG); Catuaí Shopping, Shopping Curitiba (PR)

Aliansce Sonae

Início das operações: 2019 (fusão entre a Aliansce Shopping Centers e a Sonae Sierra Brasil)

Lucro líquido em 2021: R$ 274,8 milhões

Shoppings: Parque D. Pedro Shopping, Plaza Sul Shopping, Santana Parque Shopping, Shopping Campo Limpo (SP); Bangu Shopping, Boulevard Shopping Campos, Carioca Shopping, Caxias Shopping (RJ); Boulevard Shopping Belém, Parque Shopping Belém (PA)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos