Mercado fechará em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    113.795,45
    +87,70 (+0,08%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.406,92
    -327,12 (-0,67%)
     
  • PETROLEO CRU

    90,28
    +2,17 (+2,46%)
     
  • OURO

    1.777,30
    +0,60 (+0,03%)
     
  • BTC-USD

    23.445,97
    +43,73 (+0,19%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,74
    +1,01 (+0,18%)
     
  • S&P500

    4.276,20
    +2,16 (+0,05%)
     
  • DOW JONES

    33.926,99
    -53,33 (-0,16%)
     
  • FTSE

    7.533,63
    +17,88 (+0,24%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.471,50
    -21,75 (-0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2546
    -0,0046 (-0,09%)
     

Comparativo Galaxy A53 x M53: diferenças vão muito além do nome

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Galaxy A53 5G e o Galaxy M53 são dois smartphones intermediários premium da Samsung relativamente parecidos em preço, mas que possuem mais diferenças que apenas uma letra. Quais são elas? E qual é o melhor para você? Eu testei os dois modelos e respondo tudo neste comparativo!

Construção e design

A família Galaxy A é a principal da Samsung no segmento intermediário, logo é a qual recebe mais novidades em recursos e configurações. O Galaxy A53, por exemplo, é construído em plástico e traz para proteção contra água e poeira, característica pouco comum no setor menos caro.

Já o Galaxy M53, de uma linha voltada ao custo-benefício, não tem nenhuma resistência contra líquidos e partículas, tampouco construção mais robusta. Por aqui, é o mesmo acabamento plástico do irmão distante, o que não é ruim, porém não oferece nenhum diferencial.

Visualmente, os dois modelos também são diferentes. Essa parte é meia subjetiva, mas, na minha opinião, o A53 é bem interessante que o M53, com seu bump de retangular integrado ao corpo do aparelho e as opções de cores mais elegantes.

Galaxy A53 tem um visual mais interessante que o irmão (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
Galaxy A53 tem um visual mais interessante que o irmão (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Eu não curti o módulo fotográfico quadrado do M53 porque me lembrou o design do M62, do ano passado, que também me desagradou. Uma coisa que gostei nesse modelo, no entanto, foi a espessura bem mais reduzida, apesar da bateria de 5.000 mAh.

O resultado é um aparelho bem gostoso de utilizar, pois consegue ser leve e fino, apesar de grandalhão. O A53, por sua vez, aparenta ser mais robusto, o que também me agrada bastante.

Design do M53 não me agrada muito, porém não é feio (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
Design do M53 não me agrada muito, porém não é feio (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Em comum, os dois carecem de entrada para fones de ouvido, o que já não é mais novidade entre os aparelhos da Samsung.

Tela

A Samsung mantém um padrão de qualidade muito interessante na tela dos seus celulares intermediários. Ou seja, tanto o A53 quanto o M53 possuem os melhores painéis para os padrões intermediários.

Essencialmente, temos displays Super AMOLED de 120 Hz, garantindo cores vivas, brilho intenso, pretos profundos e ótima fluidez ao navegar pela interface ou ao jogar. A resolução Full HD estendida também está presente nos dois aparelhos e oferece boa definição.

O A53 e o M53 têm telas excelentes para os padrões intermediários (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
O A53 e o M53 têm telas excelentes para os padrões intermediários (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Com relação ao tamanho, o Galaxy M53 é maior com suas 6,7 polegadas, enquanto o A53 aparece com 6,5 polegadas. A diferença pode parecer pouca, mas tem influência no dia a dia, positiva ou negativamente, dependendo da sua preferência. Para mim, a tela do A53 é mais agradável.

Configurações e desempenho

Estamos falando de dois smartphones intermediários premium, então a experiência é uma das melhores possíveis para o segmento.

O Galaxy M53 roda o ótimo chipset Dimensity 900 5G, da MediaTek, que equivale ao também excelente Snapdragon 778G 5G. Na prática, o intermediário vai conseguir rodar a maioria dos jogos sem muitos problemas, e a One UI 4.1 funciona de forma muito fluida por aqui.

O Galaxy M53 se sai bem melhor em jogos que o A53 (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
O Galaxy M53 se sai bem melhor em jogos que o A53 (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

O Galaxy A53, pelo menos em números, também deveria entregar uma atuação lisa em quase todas as tarefas, mas não foi o que presenciei durante os meus testes. O chipset Exynos 1280 5G equipado no aparelho não apresentou um bom desempenho em games, e a experiência de uso não foi das mais fluidas.

No geral, ele rodou muito bem os aplicativos mais populares da Play Store, como Facebook, Twitter, TikTok, WhatsApp e Instagram, além de alguns editores de imagem e vídeo. Ele só não deve agradar quem curte jogar títulos com gráficos no máximo, já que a GPU não aguenta muito.

Câmeras

Nas câmeras, felizmente tive boas experiências com os dois aparelhos. O Galaxy M53 chama atenção com seu sensor principal de 108 MP, que produz imagens ótimas, com cores extremamente vivas, altos níveis de saturação e contraste, e HDR equilibrado.

Foto da câmera principal do Galaxy M53 (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)
Foto da câmera principal do Galaxy M53 (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)

O Galaxy A53 também manda muitíssimo bem com sua câmera principal de 64 MP, repetindo o pós-processamento já conhecido da Samsung em deixar as fotos muito mais chamativas e prontas para postar nas redes sociais.

Foto da câmera principal do Galaxy A53 (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)
Foto da câmera principal do Galaxy A53 (Imagem: Diego Sousa/Canaltech)

Quando o assunto é modo retrato, também não tenho muito do que reclamar nos dois celulares. No entanto, com o Galaxy M53 tive resultados mais consistentes, normalmente sem apresentar muitas falhas ao redor do objeto principal ou imprecisões nas cores.

Mas, nas outras lentes, o Galaxy A53 se sai melhor um pouco melhor. A ultrawide, por exemplo, oferece cores mais agradáveis, além de um HDR mais interessante. Já a macro de 5 MP é superior a de 2 MP do M53, seja em resolução como pós-processamento.

Galeria do Galaxy A53

Galeria do Galaxy M53

Bateria

Com relação à bateria, temos uma vitória do Galaxy M53. Ele não traz os 7.000 mAh do irmão M62, mas consegue trabalhar muito bem com seus 5.000 mAh. No nosso teste padrão de streaming, por exemplo, ele consumiu 20%, o que é bem interessante para os padrões intermediários.

No mesmo cenário, o Galaxy A53 consumiu mais de 25%, o que mostra que o Exynos 1280 5G não é tão otimizado quanto o Dimensity 900 5G em jogos e dia a dia.

Bateria do Galaxy M53 é melhor e mais otimizada (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)
Bateria do Galaxy M53 é melhor e mais otimizada (Imagem: Ivo Meneghel Jr./Canaltech)

Mas, no geral, você vai conseguir chegar ao segundo dia com os dois aparelhos, mas deve ter mais tranquilidade com o aparelho da família Galaxy M.

Galaxy A53 x M53: qual é o melhor?

O Galaxy A53 e o M53 são smartphones intermediários bem competentes que possuem seus pontos positivos e negativos. O integrante da linha A tem design mais premium, câmeras mais competentes, som de maior qualidade e uma tela AMOLED de altíssima qualidade.

Já o Galaxy M53 se destaca pelo design fino, performance mais consistente em jogos, bateria de maior duração e uma câmera principal de 108 MP muito competente.

Na balança, ainda mais considerando o preço, o Galaxy A53 consegue se equilibrar melhor que o irmão. Mesmo não tendo uma atuação muito boa em jogos, sua experiência de uso é mais premium e mais próxima dos R$ 2.400 pedidos pela Samsung.

A coisa pode mudar um pouco quando o Galaxy M53 baixar um pouco de preço, algo que pode acontecer mais rápido do que o irmão por conta da sua proposta.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos