Mercado fechado
  • BOVESPA

    113.282,67
    -781,69 (-0,69%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.105,71
    -358,56 (-0,70%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,95
    +0,65 (+0,89%)
     
  • OURO

    1.750,60
    +0,80 (+0,05%)
     
  • BTC-USD

    42.168,92
    -564,75 (-1,32%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.067,20
    -35,86 (-3,25%)
     
  • S&P500

    4.455,48
    +6,50 (+0,15%)
     
  • DOW JONES

    34.798,00
    +33,18 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.051,48
    -26,87 (-0,38%)
     
  • HANG SENG

    24.192,16
    -318,82 (-1,30%)
     
  • NIKKEI

    30.248,81
    +609,41 (+2,06%)
     
  • NASDAQ

    15.319,00
    +15,50 (+0,10%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2556
    +0,0306 (+0,49%)
     

Companhia aérea de baixo custo Ryanair vai contratar 500 profissionais para retomada

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Na tentativa de se reerguer do golpe da pandemia, a companhia aérea de baixo custo Ryainair anunciou nesta terça-feira (31) que vai criar mais de 500 novos postos para pilotos, tripulantes e engenheiros nos aeroportos onde opera em Londres enquanto se prepara para um crescimento em 2022.

A empresa também vai abrir 14 novas rotas conectando Londres a destinos europeus a partir de outubro. Foram acrescentadas cidades como Nápoles, na Itália, Estocolmo, na Suécia e Grenoble, na França.

O presidente da Ryanair, Michael O'Leary, disse que a companhia está empenhada em reconstruir a indústria do turismo em Londres para recuperar o patamar pré-pandemia de viagens.

Segundo ele, a falta de apoio do governo britânico para a recuperação da aviação e do turismo cria barreiras ao crescimento. "Conforme a vacinação avança e a confiança do consumidor retorna, apelamos novamente ao governo do Reino Unido para descartar os testes PCR na chegada de passageiros totalmente vacinados", diz O'Leary.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos