Mercado fechará em 5 h 28 min

Companhia aérea australiana Qantas suspende voos internacionais até outubro

A Itália proibiu o uso de bagagem de cabine em todos os voos que chegam ou saem do país por motivos sanitários

A companhia aérea australiana Qantas anunciou nesta quinta-feira (18) a suspensão de todos os seus voos internacionais até o final de outubro, exceto os que tiverem como destino a Nova Zelândia.

Essa decisão vem após uma declaração do ministro australiano do Turismo, Simon Birmingham, que considerou pouco provável uma retomada dos voos internacionais antes do próximo ano.

"As fronteiras da Austrália ficarão fechadas por algum tempo, cancelamos a maioria dos voos internacionais até outubro", disse um porta-voz da Qantas em comunicado.

"Temos voos previstos para a Nova Zelândia", acrescentou.

Austrália e Nova Zelândia começaram a levantar restrições após conseguirem conter a pandemia do coronavírus.

Birmingham explicou que disposições especiais podem ser tomadas para alguns viajantes, como estudantes estrangeiros, mas insistiu que os turistas terão que esperar.

Todos os anos, o turismo estrangeiro reporta à Austrália cerca de US$ 31 bilhões e, para compensar o buraco financeiro que deste ano, as autoridades e os trabalhadores do setor pedem aos cidadãos que viagem pelo país, um apelo que já demonstrou resultados porque os australianos dobraram suas compras de passagens domésticas nesta semana.