Mercado fechará em 2 h 6 min
  • BOVESPA

    122.098,30
    +189,27 (+0,16%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.427,02
    -440,13 (-0,88%)
     
  • PETROLEO CRU

    65,43
    +0,51 (+0,79%)
     
  • OURO

    1.835,80
    -1,80 (-0,10%)
     
  • BTC-USD

    56.388,05
    -791,81 (-1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.505,88
    +1.263,20 (+520,52%)
     
  • S&P500

    4.149,31
    -39,12 (-0,93%)
     
  • DOW JONES

    34.244,68
    -498,14 (-1,43%)
     
  • FTSE

    6.947,99
    -175,69 (-2,47%)
     
  • HANG SENG

    28.013,81
    -581,89 (-2,03%)
     
  • NIKKEI

    28.608,59
    -909,71 (-3,08%)
     
  • NASDAQ

    13.364,25
    +7,50 (+0,06%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3548
    +0,0146 (+0,23%)
     

Como uma startup transformou o Gmail em um "faz-tudo" para fluxos de trabalho

Rui Maciel
·7 minuto de leitura

Existem dois fatores-chave para que startups que atuam no mercado de SaaS (Software as a Service ou Software como Serviço em bom português) precisam ter para crescer: o primeiro é que elas precisam ser globais desde a sua criação, buscando clientes não apenas em seu país de origem, mas também em outros mercados mundo afora. Afinal, soluções web não conhecem fronteiras e podem ser usadas em qualquer canto do planeta. Basta uma conexão com a internet.

O segundo fato é, claro, entender as dores de seus clientes e oferecer um produto cujo diferencial resolva os problemas deles. E a DragApp, uma startup fundada nos EUA pela brasileira Duda Bardavid e o inglês Nick Timms, já "veio de fábrica" com essas duas qualidades. E com uma solução que "turbina" o Gmail e o transforma em um faz-tudo bem eficiente.

Basicamente, a empresa desenvolve uma extensão do Chrome que, quando instalada, insere novos recursos no Gmail, fazendo com que ele ganhe novos recursos, criando um ambiente colaborativo para gestão de fluxos de trabalho em diversas áreas como CRM, Help Desk, entre outras.

Com isso, ao invés de comprar soluções de diversos fornecedores (como Pipefy, Zendesk, Salesforce, Dynamics 365, etc), as funções são concentradas no Gmail, com uma fusão de e-mails e tarefas. E tudo em uma interface com a qual o usuário já está mais familiarizado, dispensando treinamentos. Ou seja, menos custos e mais tempo para desempenhar as tarefas.

E para falar dos diferenciais da solução da DragApp - cujo potencial de mercado mira as mais de seis milhões de empresas que usam o Gmail pelo mundo - o Canaltech conversou com Bardavid, que também fala sobre os planos da startup para os próximos meses e o que ela irá fazer com o aporte de R$ 2 milhões que recebeu do GVAngels, fundo de investimentos especializado na capitalização de startups.

Duda Bardavid, cofundadora da DragApp: sua solução SaaS tem mercado potencial de seis milhões de empresas pelo mundo (Foto: Divulgação / DragApp)
Duda Bardavid, cofundadora da DragApp: sua solução SaaS tem mercado potencial de seis milhões de empresas pelo mundo (Foto: Divulgação / DragApp)

Confira como foi o papo:

Canaltech - Duda, de forma geral, você pode explicar o que é o DragApp e como ele funciona?

Duda Bardavid: Nós somos uma SaaS (software as a service) que transforma o Gmail em um ambiente de trabalho colaborativo, para empresas gerirem fluxos de trabalho diretamente do local onde a maior parte destes fluxos começa e termina - na sua caixa de entrada.

Fazemos isso através de uma extensão do Chrome, que pode ser instalada e implementada em apenas alguns cliques, e complementa o Gmail com uma série de funcionalidades colaborativas (como caixas de entrada compartilhadas) e de gestão de tarefas (como anotações ou datas de vencimento). A extensão também é complementada por um aplicativo móvel para Android e iOS (atualmente em Beta).


CT - Que áreas de uma empresa podem ser gerenciadas a partir da DragApp além do CRM e Help Desk?

D.B.: Outros fluxos comuns, além de Help Desk e CRM, são gestão de projetos (por exemplo a preparação do lançamento de uma campanha de marketing), organização de finanças (faturas e contas a pagar), gestão de recrutamento, onboarding de novos clientes, delegação de emails e tarefas (como colaboração com assistente virtual), entre outros.


CT - Quais os grandes diferenciais da DragApp em relação a outras plataformas de CRM, incluindo custos? A DragApp é uma concorrente direta de plataformas como Pipefy, Zendesk ou o Dynamics 365?

D.B.: O diferencial mais evidente é o fato da nossa plataforma funcionar dentro do Gmail. Isso traz uma conveniência muito grande aos clientes não somente por oferecer uma barreira menor de entrada (os usuários já se sentem familiarizados com o Gmail), mas também por trazer economia de tempo e custo em treinamentos e configurações extras e também evitar mudanças de contexto resultantes do "vai-e-vem" constante entre o Gmail e várias outras ferramentas.

Além disso, trazemos um conceito novo que é a fusão de emails e tarefas. Acreditamos que, enquanto muitos emails requerem tarefas e muitas tarefas são enviadas como emails, não há necessidade destas duas frentes serem tratadas de forma tão segmentada como são hoje.

Também, o fato de sermos uma ferramenta horizontal com gestão de múltiplos fluxos de um lugar só facilita significativamente a migração de informações entre eles. Por exemplo, se o time de suporte recebe uma solicitação que requer ação do time de TI, o ticket pode ser arrastado em 1 clique do painel do time de suporte para o time de TI, etc.

Não diria que somos competição direta tanto em termos de proposta de valor como também no público-alvo, uma vez que focamos mais em pequenas médias empresas.


CT - Usando o Gmail como base, a DragApp deve manipular dados sensíves de seus clientes. Como a empresa trabalha as questões de segurança e privacidade?

D.B.: Nós somos certificados anualmente por uma empresa independente de segurança de dados apontada pelo próprio Google. A certificação envolve um processo de auditoria robusto, que garante que o acesso a dados sensíveis é limitado ao estritamente necessário para funcionalidade do produto, o máximo nível de transparência é aplicado nas nossas políticas de segurança e privacidade, diversos processos de segurança da informação como criptografia e proteção a ataques também são aplicados, garante aos usuários o direito de solicitação de eliminação permanente de dados pessoais, entre outras medidas.

Nós também não armazenamos os emails dos usuários, acessamos os emails diretamente através da API do Gmail.


CT - Hoje, quem é o público-alvo da DragApp? Empresas de pequeno porte? Há planos para alcançar organizações de maior porte?

D.B.: Hoje focamos em times de pequenas e médias empresas que usam email como principal canal de comunicação. São times que, ao mesmo tempo em que não conseguem gerir seus fluxos apenas com email padrão (estão geralmente logando na mesma conta de email, usando listas de distribuição de emails ou encaminhando centenas de vezes ao dia, não vêem a necessidade de espalharem seus fluxos de trabalho em uma série de outras plataformas complexas que consumirão mais tempo e custo aos seus colaboradores.


CT - A DragApp possui uma integração com o Google Workspace, principalmente o Gmail. Há alguma parceria com o Google para atualizações ou desenvolvimento de novos recursos?

D.B.: Nós somos parceiros do Google Cloud, o que nos traz alguns benefícios em termos de acesso à informação, mas não há nenhuma parceria formal ou de natureza jurídica entre o Google e a DragApp. Nós também temos investidores dentro no Google que, dos quais os conselhos (pessoais e independentes) são sempre bem-vindos.


CT - Como funciona o modelo de negócios e a geração de receitas da Dragapp?

D.B.: Nós operamos no modelo freemium e SaaS, o que significa que temos versões grátis e pagas, as pagas cobradas mensalmente ou anualmente. Hoje, a DragApp é oferecida sem custo para indivíduos e possui preços a partir de U$8 usuário / mês para times.



CT - A exemplo de outras startups focadas em SaaS, a DragApp já nasceu global e tem clientes em mais de 30 países. Hoje, em quais regiões do mundo a empresa planeja expandir seus negócios? E como funciona a comunicação e suporte com clientes de diversas línguas?

D.B.: O nosso maior foco atualmente tem sido em países que têm como língua oficial o inglês, como Estados Unidos, Reino Unido ou Austrália. Contudo, a extensão está disponível globalmente na Chrome Store e não há nenhuma outra barreira além do idioma que impeça quaisquer usuários de a utilizarem. Oferecemos suporte em inglês, português e espanhol, o que já cobre boa parte da nossa base de usuários.


CT - Recentemente, a DragApp levantou R$ 2 milhões em uma rodada de investimentos. Como esses recursos serão aplicado e quais são os próximos passos da startup? Há novos produtos em desenvolvimento?

D.B.: Estamos muito felizes de ter atraído investidores notáveis como o GVAngels para o nosso time, e não poderíamos estar mais animados com os próximos passos. A maior parte dos recursos irá para a contratação de novos profissionais para acelerar o desenvolvimento tanto da nossa extensão quanto do aplicativo móvel. Também projetamos expandir os nossos canais de aquisição de novos clientes e crescer 6x este ano.

Leia também:

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: