Mercado fechará em 4 h 12 min
  • BOVESPA

    110.485,24
    +1.591,92 (+1,46%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    41.778,87
    0,00 (0,00%)
     
  • PETROLEO CRU

    45,03
    -0,31 (-0,68%)
     
  • OURO

    1.813,20
    +32,30 (+1,81%)
     
  • BTC-USD

    19.295,38
    -104,39 (-0,54%)
     
  • CMC Crypto 200

    379,37
    -0,49 (-0,13%)
     
  • S&P500

    3.661,89
    +40,26 (+1,11%)
     
  • DOW JONES

    29.976,70
    +338,06 (+1,14%)
     
  • FTSE

    6.380,93
    +114,74 (+1,83%)
     
  • HANG SENG

    26.567,68
    +226,19 (+0,86%)
     
  • NIKKEI

    26.787,54
    +353,92 (+1,34%)
     
  • NASDAQ

    12.362,25
    +85,25 (+0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3132
    -0,0480 (-0,75%)
     

Como foi descoberto que LinkedIn e TikTok estavam te espiando

Marcus Couto
·2 minuto de leitura
App TikTok foi um dos pegos espiando dados dos usuários. (Foto: Soumyabrata Roy/NurPhoto via Getty Images)
App TikTok foi um dos pegos espiando dados dos usuários. (Foto: Soumyabrata Roy/NurPhoto via Getty Images)

Uma série de aplicativos para iPhone, entre eles Linkedin, TikTok e Reddit, foram pegos copiando dados privados de usuários, depois que uma nova função de privacidade no iOS14 revelou essa atividade maliciosa. A nova ferramenta do iOS, ainda disponível apenas em versão beta para desenvolvedores, cria uma transparência maior dos mecanismos de aplicativos, e avisa se eles estiverem fazendo algo “suspeito”.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Mais especificamente, esses apps foram pegos copiando textos que os usuários selecionavam com a função “copiar / colar” do sistema operacional do iPhone. Eles capturavam e guardavam esses textos sem avisar o usuário de que estavam fazendo isso. No caso do Linkedin, por exemplo, mesmo textos fora do aplicativo, como de um outro app de notas, eram registrados.

Leia também

O problema foi detectado por múltiplos desenvolvedores trabalhando com a versão beta do iOS14, o novo sistema operacional mobile da Apple que chegará para todos os usuários de iPhones e iPads ainda este ano.

Depois das revelações, o Linkedin anunciou que vai corrigir o aplicativo, interrompendo esse registro – que classificou, em reportagem da ZDNet, como um “bug”, ou falha não intencional. Segundo Erran Berger, vice-presidente de engenharia da rede social voltada para carreiras profissionais, o site “não armazena nem transmite conteúdos” provenientes da função de “copiar / colar”.

O TikTok deu uma explicação semelhante. Afirmou que a função tem como objetivo prevenir spam na plataforma, popular para o compartilhamento de vídeos curtos. O Reddit também afirmou que vai corrigir a função.

Mas com a chegada do iOS14 para um grupo maior de pessoas até o final do ano, espera-se que mais questões relacionadas à privacidade dos usuários venham à tona.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.