Mercado fechará em 3 h 27 min
  • BOVESPA

    113.584,59
    -123,16 (-0,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.415,18
    -318,86 (-0,65%)
     
  • PETROLEO CRU

    89,78
    +1,67 (+1,90%)
     
  • OURO

    1.770,60
    -6,10 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    23.358,50
    -32,09 (-0,14%)
     
  • CMC Crypto 200

    557,51
    -0,22 (-0,04%)
     
  • S&P500

    4.272,74
    -1,30 (-0,03%)
     
  • DOW JONES

    33.888,14
    -92,18 (-0,27%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.513,50
    +20,25 (+0,15%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2542
    -0,0050 (-0,10%)
     

Como tirar print de aplicativos que não permitem

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Não consegue capturar a tela no Android? Não é uma tarefa simples, mas é possível tirar print de aplicativos que não permitem. Para isso, é necessário recorrer a ferramentas que transmitam a tela do celular no computador.

Por uma configuração de segurança, muitos aplicativos impedem a captura de determinadas telas ou até mesmo de toda a interface no Android. Isso é comum, por exemplo, em telas de apps de banco com informações sensíveis, apps de autenticação e o modo privado de navegadores. O iPhone, por outro lado, é menos restritivo nessa questão e permite o print em muitos desses softwares.

Então, se não existe um método nativo, como tirar print de aplicativos que não permitem? A resposta está em emuladores e aplicativos que transmitem a tela do Android, como é o caso do Bluestacks. O software, disponível para Windows e Mac, permite acessar a Play Store com a sua conta do Google e baixar os apps.

Com o Bluestacks 5

  1. Acesse o site do Bluestacks e faça o download do aplicativo;

  2. Instale o BlueStacks em seu computador;

  3. Ao iniciar o app, entre com a sua conta do Google;

  4. Na tela inicial do aplicativo, abra a Google Play Store;

    Abra a Play Store no BlueStacks (Captura de tela: André Magalhães)
    Abra a Play Store no BlueStacks (Captura de tela: André Magalhães)
  5. Em seguida, baixe o app que deseja utilizar;

    Faça o download de aplicativos pelo software (Captura de tela: André Magalhães)
    Faça o download de aplicativos pelo software (Captura de tela: André Magalhães)
  6. Após a instalação, basta abrir o app que bloqueia capturas de tela no Android e tirar um print da tela do seu computador;

    É possível tirar print do modo de navegação anônima (Captura de tela: André Magalhães)
    É possível tirar print do modo de navegação anônima (Captura de tela: André Magalhães)
  7. Caso prefira simular a tela do Android, é possível girar para o modo retrato com o atalho “Ctrl” + “Shift” + ”4”.

    Visualize a tela do aplicativo em outro formato (Captura de tela: André Magalhães)
    Visualize a tela do aplicativo em outro formato (Captura de tela: André Magalhães)

Pelo próprio Bluestacks, ainda é possível tirar print da tela com o comando “Ctrl” + “Shift” + “S”. As capturas feitas pelo próprio emulador são armazenadas na pasta “Screenshots”, no próprio software. Também é possível usar as ferramentsa de captura nativas do Windows e do Mac.

Como tirar print de aplicativos bloqueados com o Scrcpy

Outra alternativa pelo Windows é com o aplicativo Scrcpy, disponível no GitHub. Ao contrário do BlueStacks, essa ferramenta é conectada ao seu celular a partir do cabo USB e consegue transmitir a tela do smartphone para controle com o mouse.

Entretanto, o processo de instalação é um pouco mais demorado e envolve ajustes no seu celular, como o modo de desenvolvedor e a depuração USB. Você pode conferir o passo a passo completo para instalar e usar o programa. Depois, basta usar a ferramenta de captura do seu Windows.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos