Mercado fechará em 2 h 16 min
  • BOVESPA

    113.536,31
    -171,45 (-0,15%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    48.545,55
    -188,49 (-0,39%)
     
  • PETROLEO CRU

    91,40
    +3,29 (+3,73%)
     
  • OURO

    1.770,70
    -6,00 (-0,34%)
     
  • BTC-USD

    23.404,96
    -13,69 (-0,06%)
     
  • CMC Crypto 200

    558,87
    +1,14 (+0,20%)
     
  • S&P500

    4.279,97
    +5,93 (+0,14%)
     
  • DOW JONES

    33.908,25
    -72,07 (-0,21%)
     
  • FTSE

    7.541,85
    +26,10 (+0,35%)
     
  • HANG SENG

    19.763,91
    -158,54 (-0,80%)
     
  • NIKKEI

    28.942,14
    -280,63 (-0,96%)
     
  • NASDAQ

    13.541,75
    +48,50 (+0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,2359
    -0,0233 (-0,44%)
     

Entenda como será o futuro das carnes de laboratório

Carnes criadas em laboratórios podem ajudar a combater os efeitos danosos da prática da pecuária
Carnes criadas em laboratórios podem ajudar a combater os efeitos danosos da prática da pecuária
  • Carnes criadas em laboratórios podem ajudar a combater os efeitos danosos da prática da pecuária;

  • Feita a partir de células animais, carne é alimentada até crescer para um tamanho adequado;

  • Ainda não se sabe ao certo o caminho que a indústria de alimentos adotará.

Carnes artificiais, criadas em laboratórios, estão cada vez mais populares no mundo de hoje, podendo ser encontradas em diversos supermercados pelo Brasil e no mundo, e muitos consumidores e analistas colocam as carnes artificiais como o futuro da alimentação humana.

Dentre esse novo mercado, as carnes geradas geneticamente parecem ser as mais promissoras em termos de reprodutibilidade do sabor da carne verdadeira, que é o grande objetivo desses produtos. Só esse setor específico recebeu, em 2021, cerca de US$ 1,4 bilhão em investimentos.

Criadas em laboratórios, tudo começa com uma biópsia do animal. A partir disso, as células são cultivadas em laboratório, recebendo os nutrientes adequados para crescer e se multiplicar. Uma vez que há células suficientes, o lote é transferido para um biorreator, onde as células continuam a se multiplicar até que o resultado final seja células suficientes para o consumo.

De acordo com o Good Food Institute, hoje esse processo demanda muito tempo e recursos, e nenhuma empresa atingiu uma produção comercial que seja viável economicamente. A expansão desse modelo de carne exigirá muito mais infraestrutura.

Além de evitar os problemas sobre a ética de matar um animal, especialistas apontam que a carne de laboratório também ajuda a resolver diversos problemas como uso da terra e água, poluição, emissão de gases de efeito estufa e uso descontrolado de antibióticos.

Ainda é cedo para dizer exatamente que caminho a indústria de alimentos seguirá, mas enquanto isso acontece, os consumidores têm tempo para ponderar as possibilidades existentes e decidirem que relação desejam ter com os alimentos. Críticos ainda apontam que, ao invés de gastar bilhões de dólares em alternativas à carnes que nos sentimos melhor por comer, deveríamos parar de comer carne completamente.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos