Mercado fechado

Como saber quanto tempo falta até se aposentar?

A Reforma da Previdência, que entrou em vigor em novembro de 2019, mudou alguns benefícios previdenciários que podem possibilitar que uma pessoa se aposente mais cedo ou que precise cumprir mais anos antes de solicitar a aposentadoria.

Para saber quanto tempo falta para se aposentar, o Instituto Nacional do Seguro Social disponibiliza uma calculadora que permite realizar simulações através do site Meu INSS. Confira como utilizar o serviço para consultar tempo e valor de aposentadoria, a seguir;

Saiba quanto tempo falta para se aposentar

Além de conferir a simulação, o portal do Meu INSS possibilita a correção de dados pessoais e a adição de períodos trabalhados (Imagem: Pexels/Vanessa Garcia)
Além de conferir a simulação, o portal do Meu INSS possibilita a correção de dados pessoais e a adição de períodos trabalhados (Imagem: Pexels/Vanessa Garcia)

O que é a simulação da aposentadoria do INSS?

O simulador de aposentadoria é um dos serviços oferecidos pelo site do Meu INSS, onde o profissional poderá calcular se já tem o direito de se aposentar. Na plataforma é possível conferir os seguintes dados:

  • modalidades de aposentadorias;

  • se o segurado já tem direito ao benefício;

  • quanto tempo possui de contribuição;

  • se ele já cumpriu a carência necessária;

  • entre outras apresentações.

A calculadora utiliza os dados previdenciários do Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS) para oferecer um cálculo confiável. Portanto, é importante verificar se as informações do seu Extrato Previdenciário CNIS estão corretas, antes de realizar a simulação.

Simulando a minha aposentadoria

Para realizar uma simulação no site do INSS, é preciso ter uma conta cadastrada no site do Governo Federal, o Gov.br. Uma vez cadastrado, entre no portal Meu INSS e siga os passos, a seguir;

  1. No portal Meu INSS, faça login com a sua conta criada no Gov.br;

  2. Na página inicial, clique em "Simular Aposentadoria";

  3. Uma nova página será aberta com os seus dados pessoais e informações previdenciárias;

  4. É possível alterar sua idade ou adicionar novas documentações de períodos de trabalho e contribuição, ao clicar no símbolo de um lápis ao lado dessas informações;

  5. Selecionando o símbolo, uma nova página para a edição;

Valor da aposentadoria

A função do cálculo estimado do benefício só aparece para profissionais que estejam a menos de 5 anos de se aposentar ou caso já estejam no direito da aposentadoria. Caso contrário, essa opção não estará disponível. Vale ressaltar ainda que o valor da quantia pode variar conforme a modalidade de aposentadoria ou Regra de Transição que o cidadão tiver direito.

A simulação do INSS é confiável?

O especialista da Ingrácio Advocacia, Ben-Hur Cuesta, disse que é possível confiar na simulação da calculadora nos casos, a seguir;

  • Se o Extrato Previdenciário CNIS estiver sem nenhum indicador ou pendência;

  • Se o profissional não tiver período especial (insalubre), rural, como professor ou pessoa com deficiência – visto que o simulador não contabiliza esses períodos, que eles podem adiantar a sua aposentadoria);

  • Se os dados pessoais e os valores de salários de contribuição estiverem corretos;

Atenção! É importante conferir se todos os dados estão corretos. Ao solicitar o benefício da aposentadoria, o próprio INSS perguntará se deseja corrigir as informações do CNIS. Tudo o que desejar mudar ou incluir deverá ser acompanhado de uma documentação que comprove os dados corretos.

Cuesta ainda reforça que o ideal é que o cidadão que deseja dar entrada no processo de aposentadoria se consulte com um especialista em direito previdenciário. Este profissional será o responsável em realizar o plano de aposentadoria, apresentando todas as possibilidades, com valores e análises de toda a documentação.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: