Mercado abrirá em 5 h 16 min
  • BOVESPA

    108.523,47
    -1.617,53 (-1,47%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    54.049,05
    +174,15 (+0,32%)
     
  • PETROLEO CRU

    73,46
    +0,07 (+0,10%)
     
  • OURO

    1.889,40
    +12,80 (+0,68%)
     
  • BTC-USD

    22.779,22
    -633,86 (-2,71%)
     
  • CMC Crypto 200

    523,16
    -13,70 (-2,55%)
     
  • S&P500

    4.136,48
    -43,28 (-1,04%)
     
  • DOW JONES

    33.926,01
    -127,89 (-0,38%)
     
  • FTSE

    7.901,80
    +81,64 (+1,04%)
     
  • HANG SENG

    21.158,19
    -502,28 (-2,32%)
     
  • NIKKEI

    27.693,65
    +184,19 (+0,67%)
     
  • NASDAQ

    12.557,00
    -67,00 (-0,53%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,5350
    -0,0035 (-0,06%)
     

Como preservar os rios?

Embora a maior parte da Terra esteja coberta por água, apenas uma pequena parte desta água é potável. Os rios são um dos principais locais onde a água doce está presente e acessível a nós, além de serem o habitat de muitas espécies. Aprender como preservar os rios é importante para garantir o abastecimento de água e um meio ambiente equilibrado.

Além de um papel vital na sobrevivência dos seres vivos, os rios possuem seu papel econômico, social e cultural. Suas águas podem ser usadas para a geração de energia, para a agricultura e pesca e servir como fonte de lazer para toda uma população.

A poluição dos rios não é, portanto, somente um problema ambiental: seus impactos também são econômicos e até de saúde pública. Grande parte das doenças mais comuns no Brasil são as chamadas doenças de veiculação hídrica, ou seja, elas podem ser transmitidas por água contaminada.

Como ajudar a preservar os rios

A mata ciliar nas margens dos rios auxilia na sua proteção (Imagem: Jon Flobrant/Unsplash)
A mata ciliar nas margens dos rios auxilia na sua proteção (Imagem: Jon Flobrant/Unsplash)

Contribuir para a preservação dos rios é fácil pois envolve atitudes que qualquer um pode tomar em suas casas. A soma de pequenos esforços individuais podem levar a um grande resultado em relação à disponibilidade e qualidade da água.

Abaixo, veja dicas de como preservar os rios:

  • Economize água: repensar seu consumo e reduzir gastos desnecessários de água reduz a pressão exercida sobre os recursos hídricos. Descubra como economizar água para ajudar a preservar os rios!

  • Confira seu sistema de saneamento: as redes que coletam a água da chuva e o esgoto são diferentes e seus destinos também. Certifique-se que na sua residência a ligação com as redes de coleta seja adequada. O esgoto ligado à rede pluvial pode levar a poluição dos cursos d’água. As águas da chuva, por sua vez, não precisam estar ligadas a rede de esgoto pois não precisam do mesmo tratamento que este último vai receber em uma estação adequada.

  • Cuidado com o descarte de líquidos: tendo em mente o tópico anterior, tome cuidado com o descarte dos líquidos em sua residência. Evite o uso excessivo de produtos químicos e jamais descarte óleos, remédios e outras substâncias nos ralos e pias. Vazamentos do seu carro também podem chegar aos corpos d’água.

  • Descarte seu lixo corretamente: resíduos descartados de forma incorreta também podem acabar nos recursos hídricos. De preferência, pratique também a coleta seletiva, separando o lixo reciclável do orgânico.

  • Conscientização e comprometimento: entender a importância dos rios, da mata ciliar que o protege e de suas nascentes é fundamental para a preservação dos recursos hídricos. Informe-se e compartilhe o conhecimento para que mais pessoas possam contribuir!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: