Mercado fechado
  • BOVESPA

    111.923,93
    +998,33 (+0,90%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.234,37
    -223,18 (-0,43%)
     
  • PETROLEO CRU

    80,34
    -0,88 (-1,08%)
     
  • OURO

    1.811,40
    -3,80 (-0,21%)
     
  • BTC-USD

    16.989,56
    -41,78 (-0,25%)
     
  • CMC Crypto 200

    404,33
    +2,91 (+0,72%)
     
  • S&P500

    4.071,70
    -4,87 (-0,12%)
     
  • DOW JONES

    34.429,88
    +34,87 (+0,10%)
     
  • FTSE

    7.556,23
    -2,26 (-0,03%)
     
  • HANG SENG

    18.675,35
    -61,09 (-0,33%)
     
  • NIKKEI

    27.777,90
    -448,18 (-1,59%)
     
  • NASDAQ

    11.979,00
    -83,75 (-0,69%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4940
    +0,0286 (+0,52%)
     

Como a pandemia te fez mudar sem você perceber

Um relatório publicado pelo WebMD na última quinta-feira (27) sugeriu que a pandemia de covid-19 foi responsável por mudar diversos hábitos das pessoas. Para se ter uma noção, o último estudo desse assunto sugere que nossas próprias personalidades mudaram.

Pesquisadores da Florida State University compararam dados pré-pandemia versus posteriores e encontraram declínios na extroversão e na consciência da população. “Ter uma pandemia mundial foi um estressor que afetou a todos de alguma forma. Não houve um evento como esse nos tempos modernos, na psicologia moderna, que pudéssemos ver que interrompeu toda a sociedade", refletem os especialistas.

Os desastres naturais são perturbadores e estressantes, mas tendem a não afetar toda a população. Também não duram tanto. “É difícil ter passado por essa experiência e não ter mudado de alguma forma", dissertam os pesquisadores.

Mas nem só de mudanças psicológicas consiste a pandemia. Um dos EUA descobriu que a pressão arterial sistólica (o número mais alto na medição da pressão arterial) aumentou de abril de 2020 a dezembro de 2020, enquanto a pressão diastólica (o número mais baixo) também subiu.

Como a pandemia mudou os hábitos das pessoas e impactou aspectos físicos e psicológicos (Imagem: MirkoVitali/Envato)
Como a pandemia mudou os hábitos das pessoas e impactou aspectos físicos e psicológicos (Imagem: MirkoVitali/Envato)

A teoria dos pesquisadores é que o estresse ativa o sistema nervoso simpático, elevando a pressão arterial, além de inspirar comportamentos não saudáveis, como comer junk food, beber álcool e dormir menos. Mesmo um pequeno aumento na pressão arterial pode aumentar o risco de ataque cardíaco e derrame.

Enquanto isso, pesquisadores do Massachusetts General Hospital descobriram que as necessidades de espaço aumentaram em 45%. Ou seja: as pessoas não estão querendo ficar tão próximas, hábito visivelmente desencadeado pela necessidade de distanciamento social, propagada pela pandemia.

Outro alerta é que, embora a população tenha ficado mais atenta sobre a questão dos germes, podemos ter repelido muitos deles, o que significa que seu microbioma pode ter sido atingido. Mais estudos são necessários para entender melhor os impactos físicos e psicológicos da pandemia, mas já podemos ter um vislumbre de mudanças que aconteceram.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: