Mercado fechado

Como o YouTube conta as visualizações | Guia de Métricas

Uma dúvida que pode surgir entre os usuários é como o YouTube conta as visualizações dos vídeos. As views funcionam tanto para conteúdos enviados pelos criadores quanto para anúncios publicitários. Entretanto, a forma como o sistema funciona é diferente para cada opção.

Para esclarecer como o site de vídeos lida com a contagem de views, veja, a seguir, como funcionam as visualizações do YouTube. Conheça, também, outras respostas sobre as regras de visualização dos vídeos do YouTube.

Como o YouTube contabiliza as visualizações

As regras de como o YouTube conta as visualizações variam de acordo com o tipo de vídeo veiculado na plataforma. Para usuários e criadores de conteúdo, as diretrizes não são especificadas por completo. Já para comerciais e campanhas publicitárias, as definições são mais transparentes.

Visualizações de canais (vídeos enviados por usuários)

Indo direto ao ponto: o YouTube não revela quanto tempo é necessário para contar uma visualização em um vídeo da plataforma. Em contrapartida, é possível levantar algumas pistas sobre como funciona essa contagem.

O primeiro indicativo é o tempo mínimo que um vídeo precisa ter para começar a monetizar, que, neste caso, é de pelo menos 30 segundos. Lembrando que isso só vale se o usuário for um membro do Programa de Parceiros do YouTube.

Atendendo a esses requisitos mínimos, o YouTube conta as visualizações a partir de dois fatores: o IP e a conta da pessoa no YouTube. Cada IP conta como uma visualização, assim como cada conta, ao abrir um vídeo, também contabiliza uma visualização.

É por isso que, embora o YouTube não confirme oficialmente, acredita-se que o tempo mínimo para um vídeo contabilizar uma visualização é de, no mínimo, 30 segundos. Essa seria uma prática para reduzir a ação de bots e punir os famosos “clickbaits”, que são vídeos com miniaturas sensacionalistas e que não condizem com o conteúdo reproduzido.

YouTube conta as visualizações de duas formas: vídeos enviados por usuários e anúncios (Montagem: Caio Carvalho)
YouTube conta as visualizações de duas formas: vídeos enviados por usuários e anúncios (Montagem: Caio Carvalho)

Também é por esses métodos que o YouTube se justifica caso haja uma demora na contabilização de novas views em um vídeo, principalmente se o vídeo em questão for recente e estiver popular no momento. As métricas não são atualizadas em tempo real, podendo levar um tempo até que o sistema do YouTube comece a contar as visualizações.

Outros fatores importantes que o YouTube usa para contar visualizações são os botões "Gostei"/"Não gostei” e o número de inscrições nos canais.

Além disso, o YouTube afirma que pode desacelerar, congelar ou mudar a contagem de métricas temporariamente caso os algoritmos da plataforma identifiquem alguma atividade suspeita. Se o usuário abrir o vídeo usando vários endereços de IP, ou se ele abrir várias guias ou janelas para exibir o mesmo conteúdo, somente a primeira view é que será computada.

E assim, com base em diferentes sistemas de contabilização, o YouTube consegue definir o alcance de um vídeo na plataforma. O algoritmo entende que vídeos com baixas taxas de retenção não são relevantes e, portanto, não aparecem com frequência para os usuários.

Visualizações de anúncios (vídeos de publicidade)

A segunda métrica usada para o YouTube contar as visualizações é destinada exclusivamente a campanhas publicitárias. Essas regras são bem mais claras do que as diretrizes para views de vídeos enviados pelos usuários.

Regras do YouTube para contagem de visualizações são mais claras em vídeos de anúncios (Captura de tela: Caio Carvalho)
Regras do YouTube para contagem de visualizações são mais claras em vídeos de anúncios (Captura de tela: Caio Carvalho)

De acordo com o YouTube, as visualizações de anúncios pagos são contabilizadas em dois tipos de publicidade: anúncios in-stream puláveis, que mostram o botão “Pular anúncio” alguns segundos após o início do comercial que aparece antes, durante ou após a exibição do vídeo que você abriu para assistir; e anúncios in-feed, que aparecem na interface do YouTube, mas que só são reproduzidos se o usuário clicar em cima do vídeo.

Para anúncios in-stream puláveis, o YouTube conta as visualizações somente se o usuário:

  • Assistir um anúncio completo com duração de 11 a 30 segundos;

  • Assistir no mínimo 30 segundos de um anúncio com mais de 30 segundos de duração;

  • Interagir com o anúncio (clicar no link da publicidade).

Já para os anúncios in-feed, as visualizações de anúncios são contabilizadas se o usuário clicar no anúncio e o vídeo começar a ser reproduzido. Nesta opção, não há tempo mínimo para o anúncio ficar aberto.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos