Mercado fechado
  • BOVESPA

    102.224,26
    -3.586,74 (-3,39%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.492,52
    -1.132,48 (-2,24%)
     
  • PETROLEO CRU

    68,15
    -10,24 (-13,06%)
     
  • OURO

    1.788,10
    +1,20 (+0,07%)
     
  • BTC-USD

    53.678,49
    -1.188,12 (-2,17%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.365,60
    -89,81 (-6,17%)
     
  • S&P500

    4.594,62
    -106,84 (-2,27%)
     
  • DOW JONES

    34.899,34
    -905,06 (-2,53%)
     
  • FTSE

    7.044,03
    -266,34 (-3,64%)
     
  • HANG SENG

    24.080,52
    -659,64 (-2,67%)
     
  • NIKKEI

    28.751,62
    -747,66 (-2,53%)
     
  • NASDAQ

    16.051,00
    -315,00 (-1,92%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3151
    +0,0769 (+1,23%)
     

Como o CRM ajuda a encantar o novo consumidor

·3 min de leitura

O consumidor mudou drasticamente seu comportamento e, agora, está mais exigente do que nunca. Durante a quarentena, até mesmo aqueles que se recusaram a comprar no online foram forçados a adotar esse canal. Mais de um ano e meio desde o começo da pandemia, os comércios, lentamente, estão reabrindo e as pessoas não voltaram à rotina de antes. Agora, elas compram em todos os meios disponíveis e as marcas que não estão surfando nessa onda, irão perder clientes.

O primeiro passo para não ficar para trás é conhecer o novo consumidor e suas demandas. Na minha visão, ele está se equilibrando em cima de um tripé exigente, porque:

  • Se acostumou com o modelo multicanal de compras.

  • Não irá mais aceitar condições ruins de fretes.

  • Se fideliza em marcas que saibam quem é ele e quais as suas preferências.

Mas como saber se o cliente prefere o WhatsApp em vez do site? Ou se prefere buscar o produto na loja em vez de recebê-lo em casa? No modelo físico, é fácil conhecer o comprador e estabelecer um relacionamento íntimo com ele. Entretanto, para várias marcas, se tornar omnichannel foi uma transformação da noite para o dia. Muitos não possuíam experiência no setor e criaram uma base de dados para cada canal, diferenciando o cliente do offline e do online. O problema é que, na maioria das vezes, o consumidor que compra na loja física é o mesmo que frequenta a loja online, então, por que dar um tratamento diferente em cada canal se é a mesma pessoa?

Não é à toa que achar uma forma unificada de gerenciar os dados do cliente se tornou uma das principais preocupações do varejista. É neste cenário que o Customer Relationship Management (CRM ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) virou um dos maiores aliados do lojista. O CRM permite organizar os dados dos consumidores em uma base unificada, para que seja mais fácil interagir com eles no multicanal. Graças a essa ferramenta é possível saber quanto o cliente gasta, a frequência que consome e o valor do seu ticket médio de compra.

Na prática, o CRM permite saber qual é o canal de compra mais usado pelo cliente, qual o melhor meio que gostaria de ser contactado e as suas preferências de consumo. Dessa forma, é possível personalizar a comunicação, e as ofertas — como os cupons de desconto — passam a ter uma lógica por trás. A loja para de incomodar o consumidor com ofertas inúteis, enviando, estrategicamente, promoções e produtos que sejam do seu interesse. Com isso aumenta consideravelmente as chances de compra se tornando mais relevante nos momentos certos.

Se um dos principais desafios é vender mais, o CRM pode ser uma boa forma de reter e engajar mais com os seus clientes já conquistados com muito esforço. Criar uma relação com o cliente é uma prática inerente ao varejo e com essa rápida digitalização está na hora de ter esse mesmo carinho com todos os seus clientes. A jornada desse cliente está mapeada no CRM e criar campanhas personalizadas é essencial para alcançá-lo independente do seu canal preferido. E aí, pronto para encantar os seus clientes?

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos