Mercado abrirá em 1 h 10 min

10 dicas para não surtar durante o home office

Foto: Getty Images

Por Melissa Santos

À medida que o novo coronavírus continua a se espalhar pelo Brasil, grande parte das empresas liberou que seus colaboradores trabalhem remotamente para ajudar a controlar o contágio. No início, trabalhar em casa pode parecer um sonho, mas a realidade bate na porta e alguns desafios surgem, como a solidão e a sensação do trabalho não ter fim. 

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

“É importante diferenciar o home office normal do que estamos vivendo agora, que é uma necessidade de se excluir socialmente pelo bem da saúde pública e do coletivo”, reconhece Gabriela Malzyner, psicóloga, psicanalista e mestre em psicologia clínica pela PUC/SP. 

Leia também

Confira 10 dicas para manter o equilíbrio durante esse período.

1- Mostre seu rosto

Gabriela destaca que as ferramentas disponíveis hoje em dia ajudam muito a suportar o distanciamento social. “O ser humano é comunitário e só sobrevivemos por estar em sociedade. Portanto, usar essas ferramentas para diminuir barreiras e fronteiras é fundamental”, afirma.

Sempre que possível, use o vídeo nas suas reuniões de trabalho para criar mais interação e evitar a solidão. “Vale até achar um horário para agendar um cafezinho em conjunto com as câmeras ligadas”, completa a psicóloga. 

2- Tente manter algo da rotina antiga

Manter o horário do almoço que fazia no escritório, bem como as pausas para o café são dicas recomendadas por Nelson Fragoso, professor de psicologia da Universidade Presbiteriana Mackenzie. “Em casa, muitas vezes quebramos a rotina e ficamos sem padrão. Por isso é importante manter algumas coisas que condizem com a rotina anterior.”

3- Mantenha suas pausas 

Faça algumas pausas durante a jornada de trabalho para manter um bom desempenho no home office. Como há pessoas que tem dificuldade de lembrar de fazer as pausas, Fragoso recomenda se programar e colocar alarmes para as pausas programadas. “Tem gente até que esquece de fazer xixi e beber água. Por isso, vale colocar um alarme no celular para obrigar a fazer pausas”, fala.

4- Estipule horário e lugar para trabalhar 

Há quem sinta que trabalhe muito mais de casa do que no escritório. Tudo porque não estabelece uma rotina diária com começo, meio e fim. “Para que tudo fique organizado e nenhum desses limites ultrapasse outros, você deve fazer seu cronograma com horários definidos para cada tarefa e para cada pausa”, fala o psicólogo.

5- Aproveite o tempo que perdia no trânsito

À medida que quem está fazendo home office não perde mais tempo no trânsito, Carla recomenda direcionar este ganho para sua qualidade de vida. “Programe-se para fazer algo que parou de fazer porque não tinha este tempo extra. Pode ser alguma atividade física de manhã, um café da manhã reforçado e sem pressa... Assim você ganhará mais energia para o seu dia de trabalho e se sentirá mais motivado”, afirma.  

6- Tire um cochilo depois do almoço

No escritório, essa dica é impossível de ser realizada, mas em casa é possível e positiva. “A prática é boa para a digestão! No trabalho normalmente quando dá a hora do almoço, precisa ir e voltar do restaurante, fora o tempo para comer. Em casa, você pode almoçar em 30 minutos e deixar o restante para o cochilo”, indica Fragoso.

7- Evite buscar muitas notícias sobre o coronavírus 

Segundo Nelson, evitar ler muito sobre o assunto pode ajudar a não ficar muito estressado dentro de casa. “Há muitas notícias e comparações saindo. É preciso ter cuidado com o que lê e ter critério senão você fica maluco. Uma boa ideia inclusive é começar a ler um bom livro, pois ajuda a sair um pouco dessa realidade”, diz.  

8- Encontre novas atividades para o seu tempo livre

Após o dia de trabalho, é importante encontrar novas atividades para passar o tempo livre. “Um dia pode ser um filme, no outro dia pode ser consertar algo... Mas é importante criar um ambiente com várias atividades e ter uma expectativa de algo para fazer no dia seguinte”, afirma o especialista. 

9- Pratique atividade física 

A saúde mental e a atividade física andam de mãos dadas. Por isso, Gabriela recomenda colocar o corpo em movimento. “Na internet, há dicas de como se exercitar dentro de casa e até mesmo um alongamento já ajuda a movimentar o corpo”, afirma.

10- Aproveite para se aproximar de quem está em casa 

Durante esse período em que o convívio social externo não é possível, Gabriela recomenda aproximar-se de quem está na sua casa. "Dance ou faça alguma atividade juntos com as pessoas que estão na sua casa! É um período bom para se aproximar cada vez mais”, explica. 

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.