Mercado abrirá em 4 h 54 min
  • BOVESPA

    106.419,53
    -2.295,02 (-2,11%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    52.206,59
    +372,79 (+0,72%)
     
  • PETROLEO CRU

    83,63
    -1,02 (-1,20%)
     
  • OURO

    1.791,90
    -1,50 (-0,08%)
     
  • BTC-USD

    60.661,53
    -1.672,82 (-2,68%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.475,61
    -29,54 (-1,96%)
     
  • S&P500

    4.574,79
    +8,31 (+0,18%)
     
  • DOW JONES

    35.756,88
    +15,73 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.277,62
    0,00 (0,00%)
     
  • HANG SENG

    25.613,66
    -424,61 (-1,63%)
     
  • NIKKEI

    29.098,24
    -7,77 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    15.570,50
    +25,50 (+0,16%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,4602
    +0,0061 (+0,09%)
     

Como manter a privacidade durante lives na Twitch

·5 minuto de leitura

Produtores de conteúdo costumam ser um alvo preferencial para golpistas e perseguidores. A vida pública, misturada com a fama que pode vir rapidamente e o compartilhamento das próprias histórias de vida durante uma transmissão ajudam a criar uma aura de interesse, enquanto canais grandes podem ser um bocado lucrativos para criminosos na prática de golpes. Proteger-se, então, é essencial, e durante uma transmissão ao vivo, um deslize pode representar o vazamento de informações importantes.

Dicas como a ativação de proteção de múltiplas etapas para os canais e contas nas redes sociais, o cuidado com os e-mails fraudulentos e a moderação de chats são sempre comentadas como as essenciais. Mas existem cuidados adicionais que podem ser tomados durante a realização das transmissões, de forma que dados pessoais, informações de localização e preferências não apareçam para todo mundo ver.

As recomendações valem, principalmente, para as mulheres e podem servir como proteção contra perseguidores ou situações de assédio. Configurações prévias em softwares de transmissão, o uso de ferramentas dedicadas e um pouco de monitoramento ajudam a garantir maior segurança durante as lives, fazendo com que o momento de criação de conteúdo e diversão seja apenas isso, e não, também, um motivo de preocupação.

Cuidado com o que divulga

As transmissões do tipo IRL (vida real, na sigla em inglês) são preferidas na Twitch e também ganham espaço no Brasil, com produtores como Não Salvo e Casimiro Miguel, por exemplo, sendo nomes de destaque. Em conteúdos desse tipo, porém, é muito fácil deslizar e acabar mostrando o que não deve, e uma vez online, o material pode ser registrado e compartilhado facilmente.

O primeiro passo para um maior controle das informações veiculadas em uma live pode começar antes dela. Caso você costuma transmitir ao lado de amigos, vale a pena conversar com eles sobre o tipo de coisa que será falada durante o streaming, para que todos evitem divulgar detalhes pessoais, locais que frequentam ou contas histórias que possam revelar locais de trabalho, endereço e outras preferências desse tipo. Caso vá atender o celular ou fazer um pedido de delivery, por exemplo, não esqueça de desativar a câmera e o microfone.

No caso de lives andando pela rua, o ideal é que elas sejam iniciadas longe de casa ou do local de hospedagem e, também, finalizada antes de um retorno. Isso, também, ajuda a ocultar a própria localização e evitar casos de perseguição — alguns softwares de transmissão, caso você não esteja usando o celular, também permitem configurar um atraso no envio das imagens, dificultando a vida de quem estiver assistindo com o intuito de te encontrar por aí.

Modo streamer

<em>Modo Streamer do Discord ajuda a silenciar notificações automaticamente, além de ocultar apelidos de usuários, chats privados e informações pessoais (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Modo Streamer do Discord ajuda a silenciar notificações automaticamente, além de ocultar apelidos de usuários, chats privados e informações pessoais (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

Mesmo em casa, transmitindo diretamente do PC, as coisas podem pipocar na tela antes mesmo que o criador possa fazer algo a respeito. Fazer uma higiene de notificações e mensagens de alerta ajudam a evitar tais problemas, principalmente em costreams de eventos ou reações a trailers, programas de TV ou outros vídeos, nos quais, normalmente, o responsável pela live está transmitindo tudo o que acontece na tela do computador.

O Discord, um dos apps mais usados para comunicação entre os games, possui um modo dedicado especialmente a transmissões ao vivo que, inclusive, é ativado automaticamente por padrão. Quando ligado, o recurso desativa as notificações que possam surgir no desktop, assim como links de convite, servidores privados e até mesmo alguns tipos de informações pessoais, incluindo os nicknames de convidados e outros participantes da live.

Fora do app, também vale a pena desativar as notificações do próprio Windows, de forma que e-mails ou mensagens instantâneas que cheguem durante a live não sejam exibidas aos espectadores. O mesmo também vale para o celular, caso você esteja jogando a partir dele ou transmitindo o que aparece na tela — tome cuidado com alertas de aplicativos, que podem revelar informações privadas ou sensíveis a todos que estiverem assistindo a sua transmissão.

Navegadores e recursos dedicados

<em>Navegadores dedicados a games ajudam nas transmissões ao vivo, enquanto software separado do usado no dia a dia ajuda a esconder informações digitadas, sugestões e dados de localização (Imagem: Divulgação/Corsair)</em>
Navegadores dedicados a games ajudam nas transmissões ao vivo, enquanto software separado do usado no dia a dia ajuda a esconder informações digitadas, sugestões e dados de localização (Imagem: Divulgação/Corsair)

Expandindo a dica anterior, caso as transmissões ao vivo sejam uma constante em sua vida, pode valer a pena investir em softwares e dispositivos exclusivos. Um navegador que seja utilizado apenas durante as reações ou cotransmissões, por exemplo, também pode ajudar a ocultar informações pessoais e a localização do criador.

Utilizar um browser dedicado, ou pelo menos um perfil, também ajuda a evitar mostrar o que não deve, por exemplo, a partir das sugestões de digitação na barra de endereços. Da mesma forma, notificações não serão mostradas em uma opção voltada especificamente para a live. Nas buscas, prefira a aba anônima, para que anúncios e sugestões baseadas na localidade não apareçam, e se possível, use uma VPN para garantir que tais dados estejam ocultos da forma mais efetiva possível.

Outro bom caminho para evitar mostrar o que não deve em uma live é usar uma combinação de dois monitores, com apenas um sendo transmitido, e tomando cuidado com o que é colocado nele. Alguns criadores maiores também optam por usar computadores ou celulares exclusivos para as transmissões ao vivo, apenas com os perfis e sistemas essenciais ligados nele, com as contas pessoais sendo mantidas nos dispositivos de igual caráter.

Mantenha o controle

<em>Desvincular a conta de serviços que não são mais usados ajuda a manter a segurança da conta na Twitch (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)</em>
Desvincular a conta de serviços que não são mais usados ajuda a manter a segurança da conta na Twitch (Imagem: Captura de tela/Felipe Demartini/Canaltech)

Aplicativos de transmissão se integram com sites de streaming, que por sua vez, precisam de outros sistemas para exibirem gráficos, animações e demais elementos na tela dos espectadores. Serviços vão e vêm, por isso, é importante manter um controle sobre as plataformas para as quais as permissões foram dadas, principalmente no caso de serviços que não são mais usados ou foram descontinuados.

Para encontrar as configurações de contas vinculadas na Twitch, acesse as configurações do perfil clicando no avatar na parte superior direita da tela. Depois, vá em Conexões para encontrar todas elas, divididas entre extensões, serviços de desenvolvedores de jogos e outras, que deve ser o seu foco de gerenciamento. Basta clicar em desconectar para desassociar sua conta de outra, sem que seja preciso sair da página.

Aqui, leve em conta se o vínculo ainda precisa existir com serviços que não existem mais ou não são utilizados em suas transmissões ao vivo. O cuidado é importante para evitar a disseminação de seus dados, principalmente em caso de falhas de segurança nas plataformas, bem como eventuais acessos não autorizados que podem decorrer disso.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos