Mercado fechado

Como Macaulay Culkin conseguiu mudar uma vida marcada pelas drogas

Paula M. Gonzálvez
·2 minutos de leitura

Se transformar em estrela infantil do cinema nos anos 1990 no filme Esqueceram de Mim levou o ator Macaulay Culkin ao saco de brinquedos quebrados do cinema. Hoje em dia, ele é reconhecido tanto por seus filmes como por uma vida marcada pelas drogas e o abuso psicológico. Ele alcançou o maior êxito da carreira em 1990, com apenas dez anos, mas em seu caso a palavra êxito não foi sinônimo de triunfo, unicamente de popularidade e dinheiro (ele ganhou milhões de dólares com o primeiro filme).

O ator, que fez sua estreia aos quatro anos de idade no teatro e completa 40 anos (isso mesmo, você está ficando velho) neste dia 26 de agosto se distanciou dos meios de comunicação e conseguiu mudar sua vida. Um dia em 1994, como ele contou no programa da apresentadora norte-americana Ellen DeGeneres em 2018, ele ficou frente a frente com os pais, que os culpava por boa parte de seus problemas e disse: “Espero que tenham ganhado dinheiro suficiente, porque de mim não vai sair mais nada”. Era um adolescente, sua fortuna estava estimada em 50 milhões de dólares, ele era independente e não voltou a falar com seu pai.

Se tratava de uma decisão, mas não foi a solução. Praticamente gastou todo seu patrimônio em 2004 e então voltou a ser notícia quando foi preso em Oklahoma, nos Estados Unidos, por posse de drogas. Aconteceu justamente depois de seu divórcio com a atriz Rachel Miner, com quem ele se casou aos 17 anos. Então ele estava namorado com a atriz Mila Kunis, relacionamento que terminou em 2010. Além disso, o The National Enquirer publicou em 2012 que ele gastava cerca de seis mil dólares por mês em heroína, embora o ator sempre negue a informação

Macaulay Culkin em Esqueceram de Mim e atualmente. 
Macaulay Culkin em Esqueceram de Mim e atualmente.

O ator hoje não vive como antes. Seu grande acerto foi não se esquivar de nenhuma pergunta sobre sua vida, que está mais que contada, não gerar nenhum mistério que deixe abertura para a curiosidade, assim como seguir fazendo anúncios e propagandas interpretando o personagem Kevin...

Continue a ler no HuffPost