Mercado fechado

Aprenda a limpar corretamente o seu celular

Estudos indicam que uma pessoa toca o celular, em média, 2.600 vezes por dia. E partículas do novo coronavírus podem sobreviver em superfícies de plástico, metal e vidro - os principais componentes de um smartphone - por mais de quatro dias.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Finanças no Google News

Se você também está trabalhando de casa, como parte da equipe do Yahoo, o celular virou seu principal acesso ao mundo exterior. Hoje você vai aprender a higienizá-lo corretamente para se manter livre do coronavírus sem correr o risco de danificar partes sensíveis do seu "melhor amigo".

Veja também

Para fazer a higienização correta do smartphone você vai precisar dos seguintes itens:

  • Álcool de limpeza, preferencialmente líquido, mas se não tiver, pode usar o álcool em gel mesmo;

  • Flanela de microfibra - este tecido é importante porque permite limpar o vidro das câmeras e da tela sem deixar riscos.

Primeiro você vai tirar o celular da capinha, se estiver usando uma, e desligar o aparelho. Em seguida, passe o pano de microfibra seco em todo o celular. Coloque uma gota de álcool no pano - se for álcool em gel, esfregue para a gota se dissolver.

Passe o pano gentilmente por todo o celular. Sempre em uma mesma direção. Se você começar de cima para baixo, faça sempre de cima para baixo, não faça movimentos circulares.

Algumas informações importantes: não esfregue nem aplique muita força. Não substitua o pano de microfibra por pano de prato, papel toalha, nada disso. Esses tecidos podem riscar a lente ou a tela do smartphone.

Não enfie nada nos conectores, nem haste de algodão, palito, nada, principalmente na entrada do carregador, que é a mais sensível. Nem use borrifadores ou sprays no celular porque as partículas podem entrar nesses conectores e causar danos irreversíveis.

"Ah, mas o meu celular é à prova d'água, não posso só lavar na pia com água e sabão?". Não, não pode. Primeiro porque não existe celular à prova de água. O que existe é celular resistente a água. Essa proteção é feita para garantir que o aparelho sobreviva a acidentes. Se o seu celular cair na piscina, por exemplo, ele aguenta. Mas não é feito pra ser lavado de propósito. Sem falar que o sabão pode corroer quimicamente algumas partes sensíveis.

O ideal é limpar seu celular com pano seco uma vez por dia. Com álcool, uma vez por semana, no máximo. Mas a última dica é a mais importante: se você puder, fique em casa.

Siga o Yahoo Finanças no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário.