Mercado fechado

Como lidar com o estresse no trabalho

Foto: Getty

Muitas pessoas se sentem sobrecarregadas e estressadas no trabalho, principalmente quando acumulam responsabilidades ou quando o chefe coloca pressão.

SIGA O YAHOO FINANÇAS NO INSTAGRAM

BAIXE O APP DO YAHOO FINANÇAS (ANDROID / iOS)

De acordo com um relatório de 2019 da CIPD e da Simplyhealth, cerca de 37% das empresas do Reino Unido registraram um aumento nas faltas relacionadas a estresse no ano passado, principalmente por cargas de trabalho pesadas e estilos de gestão ineficientes.

Leia também

Quando nos sentimos impotentes no trabalho, fica difícil ter produtividade. Mas o que podemos fazer quando as coisas saem do controle? 

Colocar o foco em uma tarefa de cada vez 

“Muitas vezes, ficamos sobrecarregados quando sentimos que não temos controle”, afirma Felicity Dwyer, integrante do Life Coach Directory. “É uma boa ideia pensar no que podemos controlar e como é possível organizar esses elementos durante o dia de trabalho. 

“Nosso cérebro funciona melhor quando executa uma tarefa por vez, por isso, na medida do possível, recomendo agrupar as tarefas. Por exemplo, definir um horário para ler os e-mails em vez de verificar o tempo todo”. 

No caso de trabalhos que exijam checar os e-mails regularmente, é bom ter disciplina e priorizar os e-mails que precisam ser respondidos imediatamente, completa Felicity. Responder assim que possível é uma boa ideia, porque acumular muitas tarefas inacabadas pode consumir uma grande quantidade de energia cognitiva. 

Monitorar o tempo 

As interrupções constantes também podem causar uma sensação de impotência ou falta de controle, principalmente quando há muitas tarefas a fazer. 

“Algumas interrupções são inevitáveis e imprevisíveis, por isso, é bom tirar um tempinho para os imprevistos durante a semana”, diz Felicity. “Se tudo correr bem, esse tempo separado pode ser usado para adiantar o trabalho e se organizar”. 

“Quem tem trabalhos mais reativos precisa se planejar melhor. Uma boa estratégia é fazer um registro de tempo durante pelo menos uma semana, talvez até mais no caso de trabalhos com ciclos mensais”, ela acrescenta. “Calcule quanto do seu tempo é gasto atendendo a ligações, pedidos de última hora e coisas assim para saber quanto tempo você tem disponível para outras atividades. Isso ajuda a evitar o acúmulo de compromissos”. 

Priorizar tarefas 

O segredo é priorizar e definir os principais pontos com o gerente. “Se não puder fazer tudo, o melhor é procurar as tarefas prioritárias do dia e da semana e trabalhar nelas”, explica Felicity. 

“Se houver prioridades simultâneas, por exemplo, quando trabalhamos para mais de um gerente, é bom conversar com eles para definir o que é mais importante. Também é bom esclarecer os padrões esperados, para poder entregar um bom trabalho, mas sem se prender a um nível desnecessário de perfeccionismo”. 

Ficar longe do celular 

Conferir e-mails, mensagens, WhatsApp, Slack e redes sociais o tempo todo pode acabar dando vontade de se isolar do mundo. O excesso de tecnologia é cada vez maior no local de trabalho, mas é possível assumir o controle. Para isso, basta limitar as informações recebidas. 

“Recomendo desativar todas as notificações desnecessárias de redes sociais e verificar as mensagens e os posts só quando tiver um tempo livre”, diz Felicity. “Uma boa ideia é fazer uma desintoxicação digital, removendo todos os aplicativos não essenciais do celular por uma semana, e observar o efeito. 

“Se for difícil no começo, e o celular continuar atraindo a sua atenção, aguente por mais alguns dias para ver o que acontece”, ela acrescenta. “Deixar de lado o hábito de olhar o celular a todo momento ajuda a ter mais tempo e energia mental na vida. Vale a pena tentar e, seja qual for a estratégia, o segredo é ser honesto e perceber como ela funciona para você”. 

Fazer uma pausa 

Quando a carga de trabalho é muito pesada, é comum se sentir paralisado e produzir pouco, o que acaba gerando ainda mais estresse.

“Geralmente, a sensação de sobrecarga vem da ansiedade gerada pelo número de tarefas que precisamos concluir”, explica Felicity. “Se você entrar em uma espiral de pensamentos negativos, tente se reconectar com o momento presente. A técnica de respirar fundo algumas vezes de forma consciente, demorando mais na expiração que na inspiração, tem um efeito calmante natural”. 

Não importa qual seja o volume de trabalho, é essencial fazer uma pausa na hora do almoço. Uma caminhada rápida pode ajudar a clarear as ideias e fazer o sangue fluir, aumentando a probabilidade de concentração no trabalho depois. 

Considerar uma mudança de emprego

Talvez essa sobrecarga toda tenha a ver com o estilo de gestão e a forma com que a empresa é administrada, além da carga de trabalho muito elevada. Essa situação pode até mudar, mas, se não for o caso, pode ser uma boa ideia pensar em trabalhar em outra empresa. 

Sair de um emprego é uma decisão séria, por isso, é importante pensar bem e procurar outras oportunidades antes de abandonar a empresa atual. Pesquise com calma e identifique em quais empresas você pode se candidatar a uma vaga. 

Se quiser saber mais sobre uma empresa e como ela funciona, leia comentários de sites como o Glassdoor. Afinal de contas, ninguém quer trocar seis por meia dúzia.