Mercado fechado

Como funciona o método 4-7-8 que ajuda a dormir?

Em busca de alternativas simples e caseiras para quem enfrenta dificuldades na hora de dormir, um recente estudo tailandês verificou os benefícios do método 4-7-8. No pequeno experimento, a estratégia que envolve o controle da respiração demostrou ser eficaz em relaxar os pacientes, reduzindo o ritmo cardíaco e aumentando da oxigenação do sangue, o que favorece uma boa noite de sono.

Aqui, é importante destacar que “isso [o método 4-7-8] não 'faz você dormir', mas pode reduzir a ansiedade e aumentar a probabilidade de adormecer”, destaca Joshua Tal, psicólogo clínico e pesquisador que não esteve envolvido no estudo, para o canal CNN.

Para dormir melhor, pesquisadores tailandeses investigam eficácia do método respiratório 4-7-8 (Imagem: Microgen/Envato)
Para dormir melhor, pesquisadores tailandeses investigam eficácia do método respiratório 4-7-8 (Imagem: Microgen/Envato)

Desenvolvido a partir de uma prática de ioga e popularizado pela medicina integrativa, o método 4-7-8 pode ser feito da seguinte forma: o paciente deve inspirar por quatro segundos, prender a respiração por sete e expirar por oito. Esta respiração pode ser feita em quatro a seis séries, cada uma com três "respirações relaxantes". O intervalo entre as séries deve ser de um minuto.

Estudo investiga a eficácia do método 4-7-8 no sono

Publicado na revista científica Physiological Reports, o estudo sobre o método respiratório 4-7-8 foi desenvolvido por pesquisadores da Burapha University, na Tailândia. A ideia do experimento era identificar os efeitos desta respiração na frequência cardíaca e na pressão arterial de 43 jovens adultos saudáveis. A idade dos voluntários variava entre 19 e 25 anos.

Segundo os autores, a técnica melhorou a frequência cardíaca e a pressão arterial dos participantes. "A respiração lenta e profunda aumenta a atividade parassimpática, que sinaliza ao cérebro para acalmar o corpo, e gerencia a resposta do corpo à ansiedade", explicam os pesquisadores sobre os processos envolvidos.

Vale explicar que, em momentos de estresse ou de ansiedade, o indivíduo apresenta uma ativação mais intensa do Sistema Nervoso Autônomo Simpático e, com isso, a pessoa se sente hiper estimulada. Neste cenário, a pessoa dificilmente conseguirá dormir bem.

Apesar da descoberta de que o método pode melhorar alguns pontos associados com um sono melhor, mais estudos ainda são necessários para compreender se estes benefícios e a eficácia da respiração 4-7-8 continuam a ser observados, quando a técnica é realizada continuamente.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: