Mercado fechado

Como funciona o Kindle, o leitor de livros digitais da Amazon

Bruno Salutes

Apesar de ser um nome pouco popular, o Kindle é um dispositivo que tem mais de 10 anos de vida. Lançado em 2007, o leitor de livros digitais da Amazon está em sua décima geração e é considerado um dos melhores do seu segmento, com poucos concorrentes. Conheça a seguir alguns detalhes sobre o e-reader Kindle.

Modelos à venda no Brasil

Neste final de 2019, o Kindle está disponível em três versões no Brasil: o Kindle de décima geração (R$ 349), o Paperwhite (R$ 499) e Oasis (R$ 999). O primeiro deles conta com tela iluminada, uma novidade dessa versão, que anteriormente não contava com essa função. O segundo, por sua vez, oferece maior capacidade interna, tela melhor definida e proteção contra água. Já o último deles, o Oasis, possui design sofisticado, resistência à água e tela que muda de tonalidade de acordo com a iluminação ambiente.

Cada uma dessas opções atendem a diferentes tipos de usuários e orçamentos, dos mais simples até os que buscam por sofisticação e acabamento refinado.

Paperwhite era o único modelo de entrada com luz até 2018

Kindle tem tela e-ink

O Kindle é desenvolvido pela Lab126, empresa subsidiária da Amazon com sede na Califórnia, responsável ainda pela pesquisa e desenvolvimento de outros produtos de sucesso da marca, como o Fire TV Stick, por exemplo. A Lab126 é quem cria o Kindle e o mantém atualizado todos os anos, mas não faz a gestão ou a curadoria da Amazon Store.

Também é da Lab126 a responsabilidade em aprimorar a tecnologia de tela usada nos leitores de livros digitais da Amazon, a e-ink. Essa tecnologia faz uma espécie de impressão que imita o papel impresso (e-ink é a abreviação para "papel eletrônico"), dispensando a necessidade de retroiluminação do painel. Tecnicamente, essa tecnologia de tela usa pigmentos magnéticos positivos na cor branca e negativos na cor preta que reagem com microesferas que, juntos, formam uma imagem.

No caso do Kindle com iluminação, a diferença é que há uma fita com alguns LEDs na parte inferior da tela que levam luz para as demais partes do painel. A ausência de retroiluminação de super resolução tornam os modelos Kindle ótimas opções para quem quer ficar o máximo de tempo longe das tomadas. Um Kindle pode atingir até 30 dias de autonomia com leitura diária moderada e uso do Wi-Fi.

Tela e-ink do Kindle imita papel impresso

Maior loja de eBooks

A Amazon é dona da maior loja de livros digitais do mundo. É claro que existem livrarias internacionais e até nacionais que contam com mais variedades de editoras em seu catálogo, mas para livros físicos, enquanto o maior destaque da Amazon continua sendo os eBooks e os audiobooks (livros auditivos).

Para os fãs de leitura, a Amazon oferece duas assinaturas com alguns benefícios que podem ser usados em conjunto com os Kindles, o Kindle Unlimited (R$ 19,90) e o Prime Reading (R$ 9,90). O primeiro deles, o Unlimited, oferece um acervo composto por mais de 1 milhão de livros que ficam à disposição dos assinantes para serem lidos durante 30 dias (renova mensalmente). Já o Prime Reading, por sua vez, se trata de um dos benefícios inclusos no Amazon Prime, que também abrange frete grátis e acesso ao Prime Video. O Reading conta com um acervo menor em comparação com o Unlimited, mas com a vantagem de ter revistas disponíveis, como, por exemplo, a Veja e a Superinteressante.

Basta escolher uma dessas assinaturas e criar uma conta no site da Amazon incluindo um cartão de crédito. As compras são automaticamente adicionadas no Kindle que está ativado com o mesmo login. Se você não quiser assinar os planos de leitura, pode comprar livros avulsos e em promoções diretamente do site da Amazon ou na loja interna do Kindle.

Curiosidades sobre o Kindle

Com mais de 10 anos de história, o Kindle tem um legado de altos e baixos que foram responsáveis por tornar a cultura dos leitores de livros digitais popular e acessível. Aqui alguns números do Kindle:

  • O primeiro Kindle foi lançado em 19 de novembro de 2007;
  • Em 2011, a Amazon lançou o Kindle Fire apenas nos EUA, um tablet com tela LCD colorida que rodava um sistema operacional próprio. Foi um fracasso em vendas;
  • Até sua terceira geração, o Kindle contava com um teclado físico completo e um touchpad voltados para digitação e navegação;
  • O Kindle mais básico, de entrada, passou 9 anos sem contar com iluminação da tela. A décima geração, no entanto, trouxe o recurso ao modelo;
  • A Lab 126 foi criada em 2004 com o objetivo de desenvolver produtos revolucionários para a Amazon. Dos números que formam o nome, o "1" é a letra "A" e o "26" representa a letra "Z" no alfabeto;
  • O primeiro codinome do Kindle era Projeto Fiona;
  • O Kindle 5, de 2012, foi o primeiro a chegar no Brasil.

Quer frete grátis para qualquer lugar do Brasil e sem valor mínimo de compra?

Parece bom demais para ser verdade, mas pode acreditar, pois isso é possível: estamos falando do Amazon Prime, serviço por assinatura que, além de permitir comprar qualquer produto identificado com o selo "Prime" sem pagar nada pelo frete — e sem valor mínimo de compra —, ainda oferece uma série de outras vantagens em um verdadeiro "combo" de serviços!

Assinantes Prime recebem suas compras mais rapidamente e também ficam sabendo de ofertas relâmpago antes de todo mundo, antes que elas sejam disponibilizadas no site. E as vantagens continuam: o Amazon Prime também dá acesso a serviços de entretenimento como o Prime Video (concorrente da Netflix, com conteúdos originais e exclusivos), o Prime Music (concorrente do Spotify), Prime Reading (com muitos livros e revistas digitais) e Twitch Prime (versão premium da plataforma de streaming de games).

Ou seja: por um valor fixo mensal, você tem acesso a tudo isso e ainda tem vantagens na loja virtual! Mas agora vem uma notícia melhor ainda: os primeiros 30 dias de assinatura são gratuitos, e você pode cancelar a qualquer momento sem nenhum tipo de multa. A assinatura mensal custa R$ 9,90 após o período grátis, e se você já se apaixonar pelo serviço durante os primeiros dias de teste, pode escolher a assinatura anual de R$ 89,90 — fazendo isso, você economiza 25% em comparação com o pagamento mensal! Clique aqui e seja você também assinante do Amazon Prime!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: