Mercado abrirá em 4 h 57 min

Como funciona a energia eólica?

Uma das alternativas mais promissoras para diminuir a dependência de combustíveis fósseis nos dias de hoje é o uso da energia dos ventos. A energia eólica funciona através da conversão da energia cinética da movimentação do ar na atmosfera, sendo uma fonte limpa e renovável.

A energia eólica no Brasil já ocupa o terceiro lugar na matriz elétrica nacional, atrás apenas das usinas hidrelétricas e do gás natural. Porém, não se deve confundir o conceito de matriz elétrica, fontes usadas para produzir eletricidade, com o de matriz energética. Esta engloba também os combustíveis de carros e outros veículos, por exemplo.

Como é a produção de energia eólica

A energia eólica é produzida a partir de captação da energia dos ventos através de turbinas e seus geradores. O movimento das hélices das turbinas eólicas é transferido pelo seu eixo até o gerador, que converte a energia cinética em elétrica.

Imagem: Vitor Paladini/Unsplash
Parque eólico no Rio Grande do Norte (Imagem: Vitor Paladini/Unsplash)

As turbinas são instaladas nos chamados parques ou usinas eólicas. A energia produzida em cada uma dessas turbinas é direcionada para uma subestação coletora, que eleva sua tensão para que possa ser distribuída na rede elétrica de uma cidade.

A rotação das pás das turbinas é controlada, variando entre 10 e 25 rotações por minuto. Elas podem ser fabricadas por materiais como resina epóxi reforçada com fibras de vidro, Kevlar ou fibra de carbono. Chapas ultra finas de aço também são uma alternativa possível.

Vantagens e desvantagens da energia eólica

A principal vantagem da energia eólica é ser uma energia renovável e limpa, que não emite gases de efeito estufa. Seus custos de implantação também vêm diminuindo com o passar do tempo, graças aos investimentos em torná-la mais acessível e eficiente.

A energia eólica pode ser gerada em terra firme ou até mesmo no mar (Imagem: Reprodução/EDP Renewables)
A energia eólica pode ser gerada em terra firme ou até mesmo no mar (Imagem: Reprodução/EDP Renewables)

Sendo uma alternativa limpa, diversos países como o Brasil, com grande potencial eólico, têm adotado cada vez mais esse tipo de energia para complementação de sua matriz energética.

Entre suas desvantagens estão a mortalidade de animais como pássaros e morcegos, que podem se chocar com as turbinas que podem variar entre cerca de 100 a 200 metros de altura. A poluição sonora também é um problema, o que exige que os parques eólicos sejam afastados de áreas residenciais.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: