Mercado abrirá em 7 h 2 min
  • BOVESPA

    108.843,74
    -2.595,62 (-2,33%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    50.557,65
    -750,06 (-1,46%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,10
    +0,81 (+1,15%)
     
  • OURO

    1.762,80
    -1,00 (-0,06%)
     
  • BTC-USD

    42.645,94
    -3.046,90 (-6,67%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.064,08
    -70,31 (-6,20%)
     
  • S&P500

    4.357,73
    -75,26 (-1,70%)
     
  • DOW JONES

    33.970,47
    -614,41 (-1,78%)
     
  • FTSE

    6.903,91
    -59,73 (-0,86%)
     
  • HANG SENG

    23.976,13
    -123,01 (-0,51%)
     
  • NIKKEI

    29.971,60
    -528,45 (-1,73%)
     
  • NASDAQ

    15.063,00
    +53,50 (+0,36%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,2909
    +0,0462 (+0,74%)
     

Como fazer uma loja online e aumentar suas vendas

·2 minuto de leitura

No mundo de hoje, ter uma loja online é fundamental, seja para uma marca de grande porte ou uma pequena fábrica. Mas é preciso saber como aparecer. São milhares de opções para os consumidores e se destacar é o grande segredo.

Portanto, para ter sua loja online funcionando bem, você precisa seguir alguns passos. E nós, da Hubsales, estamos aqui para ajudar! Abaixo você terá dicas e sugestões para viabilizar seu e-commerce de maneira simples e prática.

Loja online própria ou Marketplace?

O primeiro passo para a sua loja online é definir o modelo de venda. Há duas opções: você pode entrar em Marketplaces, que são, basicamente, plataformas de grandes dimensões e vendem os mais diversos produtos. Ou, então, criar uma loja própria.

Uma loja própria te dará mais liberdade, mas vai exigir uma série de ações, como cobranças e segurança. Além disso, ela terá custos relativamente altos, especialmente na divulgação.

Já a opção por um Marketplace, além de mais simples, apresenta custos iniciais bem menores. É claro que há muito trabalho pela frente e você competirá com outras marcas no mesmo espaço, mas a maior exposição, o menor custo e a melhor rentabilidade compensam o esforço.

Além disso, seus produtos estarão em diversas lojas como a Magalu, a Americanas, o Mercado Livre e outros players importantes do mercado.

Mas como eu entro em um Marketplace? E qual devo escolher?

Marketplaces podem oferecer maior exposição, o menor custo e a melhor rentabilidade (Imagem: Edi Kurniawan/Unsplash)
Marketplaces podem oferecer maior exposição, o menor custo e a melhor rentabilidade (Imagem: Edi Kurniawan/Unsplash)

Já vamos explicar!

Como ter presença em Marketplaces

Os chamados Marketplaces são grandes lojas virtuais, como o Magazine Luiza, por exemplo, que concentram uma infinidade de marcas dentro da mesma plataforma.

Estes portais deixaram de ser somente uma loja e passaram também a abrir espaços para fabricantes de todo o país, que podem vender seus produtos na plataforma, mediante o pagamento de comissões.

Então eu posso vender no Magazine Luiza?

A resposta é sim. Você precisa seguir alguns passos, como apresentar sua documentação e se credenciar, mas o marketplace do Magalu é, definitivamente, uma opção para você, assim como vários outros.

Os passos para entrar em um Marketplace:

  • Se cadastrar através de formulários digitais;

  • Enviar sua documentação;

  • Ser aprovado e aceitar as condições;

  • Cadastrar seus produtos, conforme as regras de cada plataforma;

  • Monitorar suas vendas e seu desempenho;

Mas para entrar em vários Marketplaces eu preciso fazer este processo em cada um deles?

Não necessariamente. Aqui na Hubsales, nós realizamos a integração de empresas e marketplaces. Como o próprio nome indica, somos um hub que concentra as mais relevantes plataformas de venda online e ajudamos as marcas a ter presença digital.

Basicamente, nós realizamos todas as etapas para a sua marca entrar nos marketplaces e ainda ajudamos na definição do seu mix de produtos, na descrição e no cadastro deles. E também ajudamos a melhorar sua performance e acompanhamos suas vendas.

Quer saber mais sobre a Hubsales? Fale com um de nossos especialistas!

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech:

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos