Mercado abrirá em 4 h 59 min

Como evitar golpes em aeroportos durante as viagens de final de ano

As festas de Natal e Ano Novo estão chegando e, com elas, as viagens por aeroportos e rodoviárias lotados. Com tanta gente se deslocando, mas precisando de conexão e carga para seus celulares, também se abre uma porta importante para cibercriminosos, que podem se aproveitar da correria de final de ano e da desatenção dos turistas para aplicar golpes, roubar dados e instalar malwares.

O alerta, como sempre, é quanto ao uso de tecnologias públicas para acesso à internet ou carregamento de celulares. Os especialistas do Cybernews desenharam, em alerta, um cenário no qual as pessoas podem ser comprometidas de diferentes maneiras apenas durante a passagem por um aeroporto, tudo decorrente de práticas inseguras e de pouca atenção aos próprios dados pessoais durante a passagem pelos locais de alta circulação.

O primeiro, e principal, sinal de atenção é quanto ao uso de Wi-Fis públicos. Redes abertas e gratuitas podem ser uma mão na roda, mas também podem esconder intermediários, de olho no que é trocado entre os computadores ou celulares dos turistas e a internet, em busca de credenciais, dados pessoais ou financeiros. Conexões comprometidas, criadas de forma especificamente maliciosa, também são possibilidades aqui, com aposta, também, na falta de segurança de serviços online, com a transmissão de informações em texto simples ou criptografia frágil.

A recomendação, então, é que os usuários evitem usar redes públicas ou abertas em aeroportos ou estabelecimentos disponíveis nestes locais. Caso seja necessário se conectar para enviar uma mensagem ou acessar alguma informação, o ideal é evitar a entrega de dados pessoais ou o acesso a plataformas restritas, que exijam login e senha para serem utilizadas. Além disso, vale a pena ter um serviço de VPN ativo no smartphone, de forma a adicionar uma camada de proteção aos dados trafegados.

<em>Prefira usar carregadores próprios em totens de carregamento, em vez de conectar cabos diretamente às portas USB; cuidado, também, com acessórios emprestados por desconhecidos (Imagem: Reprodução/CyberNews)</em>
Prefira usar carregadores próprios em totens de carregamento, em vez de conectar cabos diretamente às portas USB; cuidado, também, com acessórios emprestados por desconhecidos (Imagem: Reprodução/CyberNews)

O segundo aviso é quanto aos totens de carregamento, principalmente aqueles que disponibilizarem plugues USB. Eles podem ser comprometidos com malware que se instalam nos dispositivos conectados, levando a ataques envolvendo o roubo de dados, pela instalação de spyware, ou travamento dos aparelhos via ransomware. O mesmo, também, vale para carregadores emprestados por desconhecidos; caso esteja sem bateria, prefira usar a própria fonte e cabo em tomadas convencionais.

O alerta do Cybernews também recomenda cuidado com as postagens nas redes sociais, principalmente se envolverem imagens do passaporte, documentos pessoais ou cartões de embarque. Códigos de barras ou QR Codes destes documentos devem ser sempre ocultados, assim como qualquer informação própria que apareça neles; elas podem ser usadas em fraudes ou golpes envolvendo o roubo de identidade.

Indivíduos de interesse, como celebridades, políticos, diplomatas e outras figuras públicas também devem ficar atentos à espionagem. É preciso tomar cuidado com quem senta ao lado do usuário durante a espera pelo embarque e também durante a viagem, com o uso de películas que impeçam a visualização da tela sendo recomendadas, juntamente com o cuidado no acesso a dados pessoais ou informações sensíveis em locais de grande circulação.

Por fim, vale a pena sempre utilizar mecanismos de segurança para impedir o acesso ao celular ou notebook, com verificação biométrica e senhas sempre ativas. Assim, caso você perca seu dispositivo na correria, terceiros não serão capazes de acessar suas informações com facilidade, enquanto casos de roubos ou furtos devem ser notificados imediatamente às autoridades, com medidas de bloqueio e proteção de dados e contas pessoais devendo ser adotadas o mais rapidamente possível.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: