Mercado fechado
  • BOVESPA

    122.038,11
    +2.117,50 (+1,77%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    49.249,02
    +314,11 (+0,64%)
     
  • PETROLEO CRU

    64,82
    +0,11 (+0,17%)
     
  • OURO

    1.832,00
    +16,30 (+0,90%)
     
  • BTC-USD

    57.641,59
    -805,14 (-1,38%)
     
  • CMC Crypto 200

    1.480,07
    +44,28 (+3,08%)
     
  • S&P500

    4.232,60
    +30,98 (+0,74%)
     
  • DOW JONES

    34.777,76
    +229,23 (+0,66%)
     
  • FTSE

    7.129,71
    +53,54 (+0,76%)
     
  • HANG SENG

    28.610,65
    -26,81 (-0,09%)
     
  • NIKKEI

    29.357,82
    +26,45 (+0,09%)
     
  • NASDAQ

    13.715,50
    +117,75 (+0,87%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,3651
    -0,0015 (-0,02%)
     

Como estão as ações de Warren Buffett no setor aéreo desde que a Berkshire Hathaway as vendeu

Redação Finanças
·4 minuto de leitura
A primeira investida de Warren no setor aéreo foi com a USAr em 1989
A primeira investida de Warren no setor aéreo foi com a USAr em 1989

Warren Buffett tem uma história com o mercado de ações de empresas aéreas. "Sou Warren e sou um viciado em comprar ações de companhias aéreas". Mas os retornos espetaculares para indústria durante o ano passado trouxeram nuvens carregadas à decisão da Berkshire Hathaway de se desfazer de todas as suas participações em companhias aéreas em maio de 2020, quando os preços despencaram. A Berkshire carregou estoque das quatro principais operadoras do setor nos EUA em 2016.

No encontro anual dos acionistas de 2020, Buffett disse que gastou de 7 a 8 bilhões de dólares acumulando participações na Delta Air Lines, United Airlines, American Airlines e Southwest Airlines

Ele não comentou os preços, exceto por: "Não retiramos nada como US $ 7 bilhões ou US $ 8 bilhões." Isso contribuiu para o prejuízo maciço de US $ 50 bilhões da Berkshire no primeiro trimestre de 2020.

Desde que as ações decolaram, os papéis de American e Southwest subiram 80% desde maio do ano passado, enquanto United and Delta se valorizaram em 70%. Measuring gains from the May 25, 2020 trough of all four airlines produces even more spectacular results. United was up over 200% over the period, while American was up 190%.

Medir os ganhos de maio de 2020 em todas as quatro companhias aéreas produz resultados ainda mais espetaculares. Os papéis da United subiram mais de 200% no período, enquanto a American subiu 190%.

A pior perda nesse período, que não necessariamente reflete as perdas da Berkshire em suas posições, foram bem palpáveis. 

O United estava abaixo de 70% no ponto mais baixo, e tanto a Delta quanto a American afundaram mais de 60%. Um investimento que perde 70% de seu aporte inicial requer um ganho de 333% para voltar ao ponto de equilíbrio.

A primera aérea de Buffett

A primeira investida de Warren no setor aéreo foi com a USAr em 1989. Enquanto a Berkshire ganhava dinheiro com os dividendos, o próprio Buffett lamentava a decisão por décadas, lançando calúnias sobre a natureza cara e de baixo lucro do setor.

Na mesma entrevista em que Buffett se identificou como um "viciado em comprar ações do setor aéreo", ele disse: "Se um capitalista estivesse presente em Kitty Hawk no início dos anos 1900, ele deveria ter atirado em Orville Wright [um dos irmãos que, nos EUA, são considerados os inventores do avião]. Mas falando sério, o negócio da aviação tem sido extraordinário. Ele consumiu capital no último século como quase nenhum outro negócio porque as pessoas parecem estar sempre voltando para ele e colocando dinheiro novo. Você tem custos fixos enormes, você tem sindicatos fortes e você tem preços de commodities. Essa não é uma boa receita para o sucesso. "

E em 2016 aconteceu: a Berkshire entrou no mercado em grande estilo. Em sua carta anual aos acionistas, Buffett não abordou as novas participações em ações do setor aéreo aérea - exceto com por uma piada sobre os acionistas voando para a assembleia anual.

"Lembre-se de que as companhias aéreas às vezes aumentam os preços para o fim de semana da Berkshire - embora eu deva admitir que desenvolvi alguma tolerância, beirando o entusiasmo por essa prática, agora que a Berkshire fez grandes investimentos nas quatro principais companhias aéreas dos Estados Unidos", escreveu em tom de brincadeira.

Quando Buffett finalmente cortou as perdas da Berkshire em 2020, Bill Smead, chefe de investimento do Smead Capital, escreveu uma análise crítica do assunto, mas fez questão de relembrar o histórico de Buffett.

"Somos grandes fãs das teorias de Buffett sobre negócios com baixa necessidade de capital e capacidade de 'jogar' dinheiro para seus donos. Infelizmente, ele recentemente enfatizou a indexação e não afastou as pessoas do glamour das ações de tecnologia que requerem mais e mais capital", escreveu Smead.

Do melhor para o horrível

Em sua carta de 2007 para acionistas, Buffett destacou três tipos de empresas que ele classificou como "A melhor, A Boa e A Pior". "A melhor paga uma taxa extraordinária alta de juros que vai crescer ao longo dos anos. A boa paga uma taxa atrativa que irá lhe render alguns ganhos. Finalmente, a pior paga uma taxa inadequada e requer que você continue colocando dinheiro para esses retornos frustrantes".

Smead sugeriu que Buffett seguisse seu próprio conselho. "Ele ilustrou seu tipo de empresa horrível usando um pôster de empresa aérea. Buffett ficaria melhor se seguisse seu próprio conselho de 13 anos atrás. E achamos que sua descrição de ações horríveis podem servir nas avaliações do mercado atual".

Um ano depois, em entrevista ao Yahoo Finanças, Smead salientou um lembrete para investidores manterem sua competência: "Buffett lembrou que ele poderia pertencer ao mundo das aéreas de forma anônima. E, a propósito, todos nós temos investidores em indústrias ou setores nos quais jamais deveríamos nos envolver".