Mercado fechado
  • BOVESPA

    129.441,03
    -634,97 (-0,49%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    51.286,46
    +400,16 (+0,79%)
     
  • PETROLEO CRU

    71,02
    +0,11 (+0,16%)
     
  • OURO

    1.876,20
    -3,40 (-0,18%)
     
  • BTC-USD

    39.019,89
    +3.470,23 (+9,76%)
     
  • CMC Crypto 200

    924,19
    -17,62 (-1,87%)
     
  • S&P500

    4.247,44
    +8,26 (+0,19%)
     
  • DOW JONES

    34.479,60
    +13,40 (+0,04%)
     
  • FTSE

    7.134,06
    +45,88 (+0,65%)
     
  • HANG SENG

    28.842,13
    +103,23 (+0,36%)
     
  • NIKKEI

    28.948,73
    -9,87 (-0,03%)
     
  • NASDAQ

    14.018,75
    +24,50 (+0,18%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    6,1935
    +0,0009 (+0,01%)
     

Como está seu intestino? "Desafio do cocô azul" responde a essa questão

·1 minuto de leitura

Um desafio excêntrico com uma intenção totalmente saudável por trás. Trata-se do Blue Poop Challenge (Desafio do Cocô Azul, na tradução livre), organizado pela empresa de saúde Zoe. Nele, as pessoas são convidadas a comer dois muffins azuis (ou alimentos que contenham a quantidade certa de corante) pela manhã e ficar atentas a quando o cocô sai azul.

Os participantes do desafio são então direcionados ao site da empresa para inserir a hora em que comeram os muffins e a hora em que o cocô azul apareceu. Depois que os resultados são inseridos, a Zoe fornece informações sobre esse intervalo de tempo e o que isso pode significar para a sua saúde intestinal.

A ideia de um projeto de rastreamento de digestão nasceu quando os cientistas usaram corante azul para rastrear o tempo de trânsito intestinal e seu impacto no microbioma intestinal — o próprio ecossistema pessoal de bactérias e outras formas de vida que vivem no intestino. Alguns pesquisadores sugeriram que a composição do microbioma intestinal influencia certas doenças, como o câncer, por exemplo. As descobertas dos cientistas sugerem uma ligação entre tempos de trânsito mais rápidos e um microbioma mais funcional.

(Imagem: StockSnap/Pixabay)
(Imagem: StockSnap/Pixabay)

Com isso, a proposta do desafio, então, é aumentar a conscientização sobre a importância da saúde digestiva e de nossa flora intestinal e fazer as pessoas pensarem sobre como podemos comer os alimentos certos para maximizar nossa saúde.

Ficou interessado em participar do desafio? É só acessar o site da Zoe e seguir as orientações.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: