Mercado fechará em 1 h 11 min
  • BOVESPA

    98.737,02
    -884,55 (-0,89%)
     
  • MERVAL

    38.390,84
    +233,89 (+0,61%)
     
  • MXX

    47.818,12
    -243,49 (-0,51%)
     
  • PETROLEO CRU

    105,76
    -4,02 (-3,66%)
     
  • OURO

    1.808,10
    -9,40 (-0,52%)
     
  • BTC-USD

    18.994,46
    -1.054,16 (-5,26%)
     
  • CMC Crypto 200

    407,55
    -23,92 (-5,54%)
     
  • S&P500

    3.789,87
    -28,96 (-0,76%)
     
  • DOW JONES

    30.770,88
    -258,43 (-0,83%)
     
  • FTSE

    7.169,28
    -143,04 (-1,96%)
     
  • HANG SENG

    21.859,79
    -137,10 (-0,62%)
     
  • NIKKEI

    26.393,04
    -411,56 (-1,54%)
     
  • NASDAQ

    11.604,25
    -86,75 (-0,74%)
     
  • BATS 1000 Index

    0,0000
    0,0000 (0,00%)
     
  • EURO/R$

    5,4623
    +0,0517 (+0,96%)
     

Como e onde comprar gás mais barato no protesto contra Petrobrás

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Gás será vendido com desconto em iniciativa da Federação Nacional dos Petroleiros (REUTERS/Pilar Olivares)
Gás será vendido com desconto em iniciativa da Federação Nacional dos Petroleiros (REUTERS/Pilar Olivares)
  • Iniciativa da Federação Nacional dos Petroleiros venderá o botijão de 13 quilos a R$ 73;

  • Ideia é demonstrar como atual política de preços da Petrobras afeta a vida dos brasileiros;

  • Desde que foi implementada a PPI, preço do gás já subiu 349,3%.

A Federação Nacional dos Petroleiros (FNP) anunciou que irá vender botijões de gás a preços mais baratos do que os praticados no mercado como forma de protestar contra a política de preços da Petrobras. A ação ocorrerá nesta quinta-feira, 14.

A ideia é demonstrar como a política de preços de paridade internacional (PPI), que atrela o preço dos produtos derivados de petróleo aos praticados no mercado internacional, em dólar, afeta a vida dos cidadãos brasileiros.

Em parceria com o Observatório Social da Petrobras, os botijões de 13 quilos serão vendidos a R$ 73, preço que de acordo com o Instituto Brasileiro de Estudos Políticos e Sociais (Ibeps), é o suficiente para cobrir os custos da estatal, e ainda dar lucro para os distribuidores e revendedores.

De acordo com o último levantamento da Agência Nacional do Petróleo (ANP), que monitora o preço médio do botijão de gás no país, na semana do dia 3 ao dia 9 de abril o produto chegou a ser vendido a R$ 150 em municípios de Santa Catarina, Mato Grosso, Rondônia e Pará. O desconto dado pela FNP representa um corte de 50% no preço do botijão.

“Por causa do PPI, os combustíveis são vendidos no Brasil como se fossem produto importado. E isso é uma contradição absurda, já que produzimos cerca de 80% de todo combustível consumido em nosso país e importamos apenas 20%”, disse o secretário geral da FNP, Adaedson Costa.

Desde a implementação do PPI no governo de Michel Temer (MDB), o preço do botijão de gás já subiu 349,3%, segundo a Federação Única dos Petroleiros (FUP). No governo atual, do presidente Jair Bolsonaro, a alta foi de 132,2%. Já a gasolina aumentou 155,8%, enquanto o diesel 143,2%.

Como e onde comprar

O gás será comercializado em determinados pontos de venda localizados em três cidades do estado de São Paulo, Cubatão, São Sebastião e São José dos Campos, no Rio de Janeiro (RJ), em Maceió (AL) e Manaus (AM). Para comprar será preciso realizar um cadastro prévio e pegar os cupons de desconto.

Rio de Janeiro (RJ) - O gás será comercializado na Comunidade Beira Rio, no Jardim América, com o cadastramento, a retirada do cupom acontecendo a partir das 10h. Ao todo serão disponibilizados 100 botijões.

Maceió (AL) - O cadastro, a entrega e a venda de gás acontecerá a partir das 9h na Praça Cícero, próximo ao terminal de ônibus do Benedito Bentes. Serão 200 botijões comercializados.

Manaus (AM) - O castrado para retirada em Manaus já pode ser realizado no no Bruno Gás, na Rua Thomas Edson, 33, bairro Planalto. A venda acontecerá na quinta-feira, 14, a partir das 8h no mesmo local. Serão comercializados 100 botijões.

São José dos Campos (SP) - O cadastramento poderá ser feito a partir das 8h na Rua Fauze Dimas Lumumbá Gonçalves, 578, Jardim Santa Inês I. O gás será distribuído a partir das 10h. Será obrigatória a apresentação do comprovante de residência e só serão aceitos dinheiro ou débito. Ao todo serão vendidos 150 botijões.

Cubatão (SP) - O cadastro já pode ser realizado na na sede da Associação dos Trabalhadores Desempregados, na Rua Cidade de Pinhal, 68, Centro, em frente ao Bom Prato. Serão distribuídos 150 cupons que dão direito a compra de um botijão no dia seguinte, a partir das 9h no mesmo local.

São Sebastião (SP) - A ação ocorrerá no bairro Topolândia, no depósito da Ultragaz, que fica na Rua José Machado Rosa, 12, esquina com Rua São Benedito. Serão 150 botijões vendidos na localidade nesta quinta-feira, 14.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos